conecte-se conosco
Santa Cruz Santa Cruz

PESanta CruzÚltimas

Reunião do Conselho do Santa não é liberada para sócios; órgão explica

Foto: Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz

Publicados

em

Um motivo de reclamação dos sócios do Santa Cruz nas redes sociais. A segunda reunião extraordinária do Conselho Deliberativo coral, que trata de questões ligadas ao futebol do clube e assuntos comerciais, foi liberada apenas para os conselheiros participarem da transmissão. Os sócios, que esperavam ter acesso a ela, só poderão assisti-la depois, quando o clube editar o vídeo, retirando “questões estratégicas” que precisam ser preservadas, já que envolve contratos do clube. Tal atitude pegou os tricolores de surpresa, que reclamaram bastante.

A reunião desta terça iria tratar o momento do Santa Cruz dentro das quatro linhas, com as diretrizes do departamento de futebol, a metodologia utilizada para as suas ações e decisões, além de outras questões comerciais. Nesta reunião, também estaria presente a empresa de análise de desempenho contratada pelo Tricolor para participar das atividades do futebol coral, como a prospecção do mercado.

A transparência dentro do Santa Cruz é uma das principais pautas da atual gestão. Em abril, houve a primeira reunião extraordinária do Conselho Deliberativo do Tricolor, onde foi apresentada para os sócios as contas do clube. Mostrando todo o detalhamento financeiro do Mais Querido, desde o que foi encontrado em caixa pela atual gestão ao assumir, até questões como os pagamentos de ‘bichos’ aos jogadores em caso de cumprimento de metas.

De qualquer forma, a justificativa para não permitir os sócios de acompanhar a reunião ao vivo não desceu bem para os tricolores. Primeiramente porque o Conselho Deliberativo do Santa Cruz não avisou com antecedência da decisão. Ela foi publicada 1h25min depois da hora marcada para a reunião virtual começar. Segundo, e até mais importante, a sensação de que uma promessa de campanha foi quebrada, já que muitos sócios esperavam participar da conferência. Por mais que ela seja publicada depois no portal do associado, com as devidas edições no conteúdo considerado estratégico, a decisão não pegou bem para o torcedor.

Trending