conecte-se conosco

BACECopa Sul-AmericanaPEÚltimas

Conmebol escolhe Centenário e frustra planos da Arena de PE e Castelão receberem final da Sula

Publicados

em

O conselho técnico da Conmebol definiu nesta quinta-feira (13), após reunião virtual, as sedes das finais da Copa Libertadores e Sul-Americana de 2021 e 2022. E após avançaram da primeira etapa de avaliação, a Arena de Pernambuco e o Castelão acabaram não sendo escolhidos para sediarem a final da Sul-Americana. Desta forma, pela primeira vez, um mesmo estádio será palco dos dois jogos finais, com o Centenário, em Montevidéu, recebendo a partida decisiva da Sul-Americana deste ano no dia 6 de novembro, e também da Libertadores, duas semanas depois, no dia 20.

Um dos principais pontos favoráveis à capital uruguaia foi situação de controle da pandemia da Covid-19 no país. O Uruguai planeja vacinar um alto percentual de sua população até julho, o que colocaria o país “entre os mais seguros do continente nas datas previstas para as finais”, de acordo com a Conmebol.

Até o dia 12 de maio, 36% da população do país já havia tomado pelo menos a primeira dose de alguma vacina contra a Covid-19. Com isso, o governo do Uruguai garantiu à Conmebol que conseguirá fazer os jogos com portões abertos e presença de público. Desde o começo da pandemia, o país registrou 228 mil casos do novo coronavírus, com 3.252 mortes.

Além disso, os jogos no Centenário também servirão de marco da candidatura sul-americana à Copa do Mundo de 2030, que projeta jogos no Uruguai, Argentina, Paraguai e Chile. O curioso é que o estádio não estava na lista inicial dos que pleiteavam receber as finais da Libertadores e também da Sul-Americana.

Libertadores e Sul-Americana de 2022

A Conmebol também escolheu o palco das finais do próximo ano, com o Estádio Monumental de Guayaquil recebendo a decisão da Libertadores e o Mané Garrincha, em Brasília, o jogo final da Sul-Americana. A escolha se deu com base nos relatórios de inspeção e avaliação técnica da diretoria de competições da entidade. Mais uma vez, Arena Pernambuco e Castelão, dessa vez junto com a Arena Fonte Nova pleiteavam a partida final da Sul-Americana.

Trending