conecte-se conosco

PBÚltimas

Após retorno, Marcos Aurélio admite que estava devendo no Botafogo-PB

Meia falou também sobre as expectativas para estreia na Série C

Foto: Guilherme Drovas/ Botafogo-PB

Publicados

em

O meia Marcos Aurélio é uma referência para o Botafogo-PB, tanto por ser um jogador experiente, como pela qualidade técnica, sobretudo na bola parada. Porém, o atleta de 37 anos não vinha bem na disputa do Campeonato Paraibano, tanto é que perdeu a posição no jogo da penúltima rodada contra o Nacional de Patos. 

Entretanto, a reserva durou apenas uma partida e o meia voltou ao time no jogo passado, contra o Atlético de Cajazeiras e não poderia ter ido melhor: marcou dois gols e deu uma assistência na goleada por 5 a 0 do Belo. Em entrevista após a atuação, Marcos Aurélio reconheceu que estava devendo.

“Tinha essa consciência de que não vinha atuando bem e eu me cobro muito. Fico indignado, insatisfeito. Sou um atleta com bagagem e história no clube e ninguém gosta de ficar no banco, mas pela situação que eu vinha apresentando com certeza fez com que professor Gerson (Gusmão, técnico) me colocasse no banco de reservas”, disse.

“Mas a reserva também serve para refletir, compreender onde é possível melhorar e, assim, ajudar o Botafogo-PB, que é a minha intenção”, acrescentou.

Na sequência da temporada, enquanto espera o vencedor de Campinense e Atlético de Cajazeiras para a disputa das semifinais do Campeonato Paraibano, Marcos Aurélio se prepara junto ao Belo para a estreia da Terceirona, neste domingo, no Almeidão, contra o Ferroviário.

“A Série C é uma competição muito importante para o Botafogo-PB, existe uma expectativa muito grande. Espero que possamos fazer uma boa estreia no sábado, saindo com a vitória. Temos que entrar concentrados, como foi contra o Atlético de Cajazeiras. Cmeçar bem a competição já é um fator muito importante”, concluiu o meia, que tem quatro gols em 15 jogos na temporada.

Trending