conecte-se conosco
Newton Filho, presidente do Ferroviário Newton Filho, presidente do Ferroviário

CECearáFortalezaÚltimas

Presidente do Ferroviário rebate após Paz chamar clube de ‘sucursal’ do Ceará

‘No mínimo infeliz, irresponsável e desrespeitoso’, disse Newton Filho

Foto: Reprodução/ Ferroviário

Publicados

em

O presidente do Ferroviário, Newton Filho, não gostou de ter ouvido que o mandatário do Fortaleza, Marcelo Paz, chamou o clube de ‘sucursal’ (filial) do Ceará por conta do acerto do atacante Wendson, ex-Ferrão, com o Alvinegro.

Isso porque, de acordo com Marcelo Paz ao globo esporte (ge), o jogador tinha um pré-contrato com o Leão do Pici, porém, o Ferroviário exerceu o direito de compra de Wendson e o repassou ao Ceará. 

LEIA: Ceará contrata atacante Wendson, ex-Ferroviário

Segundo Newton Filho, por sua vez, o vínculo do atacante com Ferrão era válido apenas por empréstimo junto ao Sampaio Corrêa-RJ até o fim deste mês, sem cláusula de compra. E, ao trazer esta versão, mostrou-se bastante chateado com as declarações do presidente do Fortaleza.

“Recebi com muita surpresa essa declaração dele. Foi, no mínimo, infeliz, irresponsável e desrespeitou o clube que fez agora 88 anos de história. E para deixar bem claro, Wendson tinha contrato de empréstimo com o Ferroviário até dia 30 de maio e pertence ao Sampaio Corrêa-RJ. O atleta não veio para o Ferroviário com opção de compra, como ele disse. Não existia isso”, iniciou.

“Ele encerrou o vínculo, retornou para o Sampaio Corrêa-RJ. O que é feito depois entre atleta, empresário e Sampaio Corrêa-RJ não nos diz respeito. Se o Marcelo diz que tinha pré-contrato com ele, faça exercer seu pré-contrato. Ou tinha alguma fragilidade no pré-contrato? O que o Marcelo não pode é nos acusar de algo que ele está fazendo”, acrescentou. 

Mas não parou por aí. De acordo com Newton Filho, o Fortaleza atravessou uma negociação do Ferroviário pelo atacante Wandson, que já tinha acertado tudo, segundo o mandatário.

“Wandson, vindo do Atlético-CE, tem contrato de empréstimo assinado com a gente, tinha dado data de entrada, apresentação, mas eles ligaram, disseram que ele podia jogar na equipe principal do Fortaleza e mexeram na cabeça do atleta. Isso sem falar com ninguém do Ferroviário. Então é difícil nos acusar de algo que ele está fazendo agora. Marcelo, acho que você foi infeliz na sua declaração. O Ferroviário merece respeito”, concluiu o presidente do Ferrão.

Leia fala na íntegra

Eu respeito o presidente Marcelo Paz, mas recebi com muita surpresa essa declaração dele. Foi, no mínimo, infeliz, irresponsável. E desrespeitou o clube que fez agora 88 anos de história. Então não esperava esse tipo de declaração. E para deixar bem claro, porque acho que ele deve saber, o atleta Wendson tinha contrato de empréstimo com o Ferroviário até dia 30 de maio e pertence ao Sampaio Corrêa-RJ. O atleta não veio para o Ferroviário com opção de compra, como ele disse. Não existia isso. Me admira ele (Paz) com essa declaração. Ele encerrou o vínculo e retornou para o Sampaio Corrêa-RJ. O que é feito depois entre atleta, empresário e Sampaio Corrêa-RJ não nos diz respeito. Se o Marcelo diz que tinha pré-contrato com ele, faça exercer seu pré-contrato. Ou tinha alguma fragilidade no pré-contrato? O que o Marcelo não pode é nos acusar de algo que ele está fazendo. Wandson, vindo do Atlético-CE, tem contrato de empréstimo assinado com a gente, tinha dado data de entrada, apresentação, mas eles ligaram, disseram que ele podia jogar na equipe principal do Fortaleza e mexeram na cabeça do atleta. Isso sem falar com ninguém do Ferroviário. Então é difícil nos acusar de algo que ele está fazendo agora. Marcelo, acho que você foi infeliz na sua declaração. O Ferroviário merece respeito.

Trending