conecte-se conosco
Ewandro, atacante do CRB Ewandro, atacante do CRB

ALCRBSérie BÚltimas

CRB faz primeiro tempo ruim, não consegue reagir e perde para Goiás

Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás

Publicados

em

Depois de uma primeira etapa onde escapou de ir para o intervalo tendo sofrido dois ou três gols, o CRB conseguiu reagir no segundo tempo, mas não fez o suficiente e acabou perdendo para o Goiás por 1 a 0, no estádio da Serrinha, em Goiânia-GO. O gol da partida foi marcado por Bruno Mezenga.

Com o resultado, o CRB deixa o G4 da Série B e cai para a quinta colocação, podendo perder ainda mais posições na rodada, enquanto o Goiás assume, momentaneamente, o terceiro lugar. O Galo volta a campo no próximo sábado (19) contra o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro-RJ, às 16h30. O Esmeraldino encara o Brasil de Pelotas-RS no interior gaúcho, na sexta (18), às 21h30.

Diogo Silva evita o pior no CRB

Depois de boas partidas na última semana, o CRB fez um primeiro tempo bem ruim contra o Goiás. Os primeiros minutos foram de domínio dos donos da casa, que logo levaram perigo à meta regatiana. Aos seis minutos, Elvis cobrou falta e a bola passou muito perto da trave. Aos sete, Bruno Mezenga aproveitou vacilo de Frazan e Guilherme Romão, roubou a bola e, de cara com Diogo Silva, bateu e o goleiro caiu bem, no canto esquerdo, para espalmar.

A pressão se manteve e o CRB não conseguia reagir. Assim, o Goiás se aproximava cada vez mais de abrir o placar. Aos 17, Hugo cruzou rasteiro, Guilherme Romão errou o corte e a bola sobrou para Alef Manga, que bateu e esbarrou em outra defesa de Diogo Silva. Contudo, aos 20 minutos, o goleiro não teve o que fazer. Após cobrança de falta de Elvis para a área, Bruno Mezenga apareceu no meio da zaga para subir e cabecear no cantinho. Aos 27, depois de nova cobrança de falta de Elvis, Reginaldo raspou a bola e quase marcava contra.

Nos últimos 15 minutos da etapa inicial, o jogo passou a ficar truncado, com muitas faltas, cartões amarelos distribuídos, e nenhuma outra oportunidade clara criada. O Goiás manteve o bom controle de jogo, enquanto o CRB não soube quebrar a marcação esmeraldina para ameaçar a meta de Tadeu.

CRB tenta, mas para em Tadeu

O Galo voltou com uma postura totalmente diferente na etapa complementar. Se lançou ao ataque, pressionando a saída de bola do Goiás. Aos seis minutos, Diego Torres aproveitou escorregão de Caio, pegou a bola e bateu da entrada da área para Tadeu espalmar. Aos 12, após cobrança de escanteio, Hyuri desviou na primeira trave e a bola cruzou a pequena área toda sem ninguém conseguir desviar para as redes.

A blitz alvirrubra continuou intensa. Guilherme Romão, que vinha falhando defensivamente, começou a protagonizar lances de perigo no ataque. Aos 14, ele pegou sobra na entrada da área e bateu de direito para outra boa defesa do goleiro esmeraldino. Aos 20, o lateral esquerdo do CRB tentou cruzamento, mas acabou mandando na direção da barra e acertou o travessão de Tadeu.

O Goiás conseguiu travar um pouco mais o jogo do Galo, impedindo a mesma pressão. Com isso, chegando na reta final do jogo, o técnico Allan Aal jogou sua equipe para frente depois de mudanças. Aos 38, Hyuri chutou com muita força e Tadeu fez uma bela defesa para evitar o empate. Postado no ataque, enquanto o Goiás esperava o contra-ataque, Diogo Silva salvou o CRB mais uma vez. Aos 45, Luan Dias recebeu de Ivan, girou e bateu, mas parou no goleiro regatiano.

Ficha do jogo

Goiás (1)

Tadeu; Apodi (Ivan), David Duarte, Reynaldo e Hugo; Caio, Madison (Lucas Black), Dieguinho (Dadá Belmonte) e Elvis; Bruno Mezenga e Alef Manga (Luan Dias). Técnico: Pintado.

CRB (0)

Diogo Silva; Reginaldo, Gum (Caetano), Frazan e Guilherme Romão (Alexandre Melo); Claudinei (Dudu), Jean Patrick e Diego Torres; Ewandro (Erik), Hyuri (Vitão) e Alisson Farias. Técnico: Allan Aal.

Local: Estádio da Serrinha, em Goiânia-GO.

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF).

Assistentes: Lehi Sousa Silva e Leila Naiara Moreira da Cruz (ambos DF).

Gol: Bruno Mezenga, aos 20′ do 1ºT (GOI).

Cartões amarelos: Hugo e Lucas Black (GOI); Guilherme Romão, Celsinho e Frazan (CRB).

Ouça a partir do minuto 57′:

Trending