conecte-se conosco

BASérie BÚltimasVitória

Moroso, Vitória empata com Remo no Baenão e segue sem vencer na Série B

Foto: Fernando Torres/AGIF

Publicados

em

Em um jogo de completa falta de apetite, o Vitória empatou em 0 a 0 com o Remo, na tarde desta quarta-feira, pela quarta rodada da Série B. Lento na transição ofensiva e errando muitos passes, o Rubro-negro construiu raríssimas oportunidades de perigo no Baenão, viu o rival parar na trave e, no apagar das luzes, até que chegou com mais contundência para abrir o placar, com Guilherme Santos. Mas só.

O resultado amplia a série de jogos em que o Leão da Barra segue sem vencer no Brasileiro, somando três empates e uma derrota. Na tabela, o time comandado por Ramon Menezes figura em 14º. Na próxima rodada, o Vitória volta a campo no sábado (19), diante do atual vice-líder Brusque, no Barradão, às 19h.

Vitória faz primeiro tempo de muito marasmo e nada cria

Um primeiro tempo de muito marasmo no Baenão. Lento na transição ofensiva e com vários erros de passe no meio de campo, o Vitória pouco incomodou o Remo. Não à toa, só finalizou no gol de Vinícius uma vez, em chute que Samuel arriscou de fora da área, no canto, e o arqueiro mandou para escanteio. O oposto de Lucas Arcanjo, que trabalhou bem mais.

Ainda assim, o time paraense pecou muito, sobretudo na última tomada de decisão. Com falhas do Leão no lado esquerdo, aos 10 minutos, Renan Gorne teve a chance de abrir o placar na pequena área, mas furou o chute. Na sequência, a partir da mesma desatenção, foi a vez de Rafinha puxar para o meio e mandar uma bomba, desviada pela zaga rubro-negra. Jefferson, já no final da primeira etapa, também arriscou de fora da área, mas Lucas novamente defendeu.

No segundo…Cenário repetido

O mesmo cenário permaneceu no segundo tempo. Moroso, o Vitória quase nada fez para assustar o Remo. Com Guilheme Santos, aos seis minutos, teve uma rara oportunidade de fora da área. O atacante bateu de primeira após receber bom lançamento de Pablo, mas Vinícius defendeu em dois tempos. E só. Já o Remo, que antes pecou no último passe/tomada de decisão, melhorou sua transição no ataque e, pouco a pouco, passou a agredir com mais veemência o gol dos baianos.

Aos 24, Jefferson driblou dois do Vitória na direita, avançou na grande área, finalizou e Lucas pegou. Depois, aos 30, foi a vez de Lucas Siqueira receber boa bola e mandar na trave rubro-negra. Seguindo na pressão, Cariús no fim do jogo, até abriu o placar, mas estava impedido. O Vitória se lançou mais ao ataque e só voltou a construir chances com Eduardo, novamente em finalização de fora da área e teve com Guilherme Santos sua melhor oportunidade. O atacante recebeu na grande área, finalizou rasteiro, no canto de Vinícius, que se esticou todo para defender.

Ficha do jogo

Remo 0

Vinícius, Tiago Ennes, Jansen (Kevem), Romércio e Igor; Uchôa (Vinícius Kiss), Lucas Siqueira e Rafinha (Felipe Gedoz); Jefferson, Dioguinho (Gabriel Lima) e Renan Gorne (Cariús). Técnico: Bonamigo.

Vitória 0

Lucas Arcanjo, Gabriel Inocêncio (Cedric), Marcelo, Wallace, Mateus Moraes (Eduardo) e Roberto (Pedrinho); David (Guilherme Santos) e Gabriel Bispo; Samuel (Dinei), Pablo e Soares. Técnico: Ramon Menezes.

Local: Baenão
Árbitro: Felipe da Silva Gonçalves (RJ)
Assistentes: Carlos Henrique Cardoso (RJ) e Thiago Gomes Magalhães (RJ)
Gols:
Cartões
amarelos: Uchôa (R), Rafael Jansen (R)

Ouça a partir do minuto 7′:

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending