conecte-se conosco

ALCSASérie BÚltimas

CSA resiste à pressão, bate o Londrina e conquista a 1ª vitória na Série B

Foto: Augusto Oliveira/CSA

Publicados

em

Os primeiros três pontos no sufoco. Depois de abrir o placar logo aos dois minutos, com Gabriel, em bela cobrança de falta, o CSA deu campo para o Londrina e, sobretudo no segundo tempo, levou um bombardeio do Tubarão, que criou inúmeras oportunidades, mas não conseguiu reverter o revés. Resultado: 1 a 0 para o Azulão, que conquistou sua primeira vitória na Série B nesta noite de domingo, pela quinta rodada do Brasileiro, no Rei Pelé.

Agora, o time comandado pelo técnico Bruno Pivetti volta a campo diante do Botafogo, no Nílton Santos, em data e horário a serem divulgados pela CBF. O triunfo, como consequência, põe fim a uma sangria de duas derrotas e dois empates nos últimos quatro jogos, e faz os alagoanos subirem seis posições na classificação, ocupando o 13º lugar.

CSA faz gol cedo, mas deixa Londrina ganhar campo

Precisando estancar uma sangria de maus resultados na Série B, o CSA começou o jogo em cima, marcando em linha alta o Londrina, que pecava demais na hora de construir jogadas. E aí, logo cedo, em jogada de bola parada, o Azulão abriu o placar no Rei Pelé. Gabriel, apenas aos dois minutos, converteu uma bela finalização de falta e pôs o time alagoano em vantagem. Oportunidade criada que se repetiu por mais duas vezes até a metade do primeiro tempo.

A primeira, com Delatorre, aos 17, depois, com Yago, a mais clara, até então, do duelo. Aos 25, o atacante ficou cara a cara com César, mas perdeu chance incrível de ampliar o placar. Só que, a partir deste momento, o Londrina se reorganizou na partida, chegando e se infiltrando com muito perigo na defesa azulina. E por muito pouco não empatou. Aos 31, Douglas Santos foi o primeiro a ‘bater na trave’. O atacante recebeu cruzamento e cabeceou para Thiago Rodrigues fazer milagre e Matheus Felipe salvar em cima da linha. Depois, Salatiel finalizou à queima roupa e o goleiro do CSA novamente abafou.

No 2T, é bombardeado, vê Thiago Rodrigues brilhar e sai com a vitória

Mas o gol construído logo cedo não significou, de modo algum, calmaria para o CSA. Principalmente a partir da metade do segundo tempo para o final. Isso porque o Londrina, que já havia chegado aos 10 minutos no gol de Thiago Rodrigues, com Marcondes, aplicou um verdadeiro bombardeio no Azulão. Não à toa, dos 41 minutos até os 51 da etapa complementar, o Tubarão construiu cinco chances claras de gol.

Duas delas, porém, ‘apenas’ passaram raspando a trave de Thiago Rodrigues, com Caprini, aos 41, e Júnior Pirambu, aos 46. As outras três, não. Thiago Rodrigues, aos 48, se esticou todo para defender chute forte de Luiz Henrique e mandar para escanteio. Dois minutos depois, na derradeira oportunidade, foi a vez de Caprini acertar a trave do Azulão, a bola bater no goleiro do time alagoano e sair a linha de fundo.

Ficha do jogo

CSA 1

Thiago Rodrigues, Cristovam, Lucão, Matheus Felipe e Kevyn; Geovane, Gabriel e Yago (Giva Santos); Iury, Dellatorre e Silvinho (Reinaldo). Técnico: Bruno Pivetti.

Londrina 0

César, Ricardo Luz (Talison), Marcondes, Augusto e Luiz Henrique; Jean Henrique (Tárik), Marcelo Freitas (Tiago Orobó), Adenílson, Douglas Santos (Caprini), Alisson Safira e Salatiel (Júnior Pirambu). Técnico: Roberto Fonseca.

Local: Rei Pelé
Árbitro: Andre Rodrigo Rocha
Assistentes: Cipriano da Silva Sousa e Helder Brasileiro de Aquino
Gols
: Gabriel, do CSA, aos 2′ do 1T
Cartões amarelos: Thiago Rodrigues (C), Gabriel (C), Yago (C), Reinaldo (C); Tiago Orobó (L), Luiz Henrique (L)
Cartão vermelho: Cristovam (C)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending