conecte-se conosco
Confiança empatou com o Operário-PR em 0 a 0 fora de casa Confiança empatou com o Operário-PR em 0 a 0 fora de casa

ConfiançaSESérie BÚltimas

Confiança arranca empate contra Operário-PR fora, pela Série B

Foto: André Jonsson/OFEC

Publicados

em

Fora de casa, o Confiança arrancou um empate em 0 a 0 com o Operário-PR no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa-PR. Com boa atuação do goleiro Rafael Santos, que fez defesas importantíssimas na segunda etapa, além da falta de pontaria dos donos da casa, o empate ficou de bom tamanho para o Dragão.

Com o resultado, o Confiança ocupa, por enquanto, o 10º lugar da Série B, com oito pontos, e pode perder algumas posições com o decorrer da rodada. A equipe volta a campo na próxima terça-feira (29), diante do Coritiba, às 19h, na Arena Batistão, em Aracaju-SE. Já o Operário-PR segue na terceira colocação com 12 pontos e pode deixar o G4 nesta rodada. O Fantasma volta a campo na segunda (28), no Germano Krüger, contra o Vila Nova , às 18h.

Confira a classificação da Série B

Operário-PR aperta e perde gol claro

A primeira etapa em Ponta Grossa-PR contou com maior domínio dos donos da casa. Bem posicionado na classificação da Série B, o Operário-PR buscou o gol desde o começo, adotando uma postura ofensiva, enquanto o Confiança se mantinha um pouco mais recuado, esperando espaços para contra-atacar, deixando a posse de bola com o adversário. Aos 23, o Fantasma chegou com perigo através de Djalma Silva. O lateral-esquerdo recebeu com espaço fora da área e arriscou um chutaço que passou próximo da trave esquerda do Dragão.

Aos 28, Felipe Garcia desperdiçou a melhor chance do primeiro tempo. Ele recebeu na entrada da pequena área, com espaço, e bateu de primeira para fora, raspando a trave. Para não ficar para trás, o Confiança tentou de fora da área, com Luidy aos 31 minutos, e assustou o goleiro paranaense. Depois dessa sequência de finalizações perigosas, o jogo caiu de ritmo e o empate persistiu para o intervalo.

Rafael Santos decisivo para o Confiança

A segunda etapa já iniciou com as equipes mais soltas. O Confiança tinha maior posse de bola, mas o Operário-PR seguia sendo o time mais agudo na partida. Logo aos dois minutos, Jean Carlos recebeu dentro da área, não dominou bem mas ainda conseguiu bater para defesa de Rafael Santos. Já o Dragão quase abriu o placar aos nove, um pouco sem querer. João Paulo recebeu passe em profundidade pela esquerda e tentou o cruzamento para a área. Só que a bola tomou o caminho do gol e Thiago Braga estava atento para espalmar e evitar o pior.

Aos 19, Felipe Garcia voltou a incomodar o Confiança. O atacante recebeu pela ponta esquerda e bateu cruzado para boa defesa do goleiro. Aos 21, novamente Felipe Garcia quase marca. Ele cabeceou bem e Rafael Santos fez mais uma excelente intervenção no duelo. Aos 29, o arqueiro trabalhou novamente, dessa vez em chute de Ricardo Bueno.

As principais investidas do Confiança no segundo tempo vinham através da bola parada. Aos 29, após cobrança de escanteio de Gustavo Ramos, Nery Bareiro subiu mais alto que o marcador e cabeceou, mas Thiago Braga defendeu. Aos 36, foi a vez de Ricardo Bueno, também de cabeça, perder mais uma chance para os donos da casa. Aos 39, Nery tentou novamente. Depois de cobrança de falta, a bola ficou viva dentro da área e o zagueiro encheu o pé, mandando para fora.

Ficha do jogo

Operário-PR (0)

Thiago Braga; Alex Silva, Reniê, Rodolfo Filemon e Djalma Silva; Rafael Chorão, Marcelo (Leandrinho), Jean Carlo (Rafael Oller) e Tomas Bastos (Fábio Alemão); Felipe Garcia (Rodrigo Pimpão) e Paulo Sérgio (Ricardo Bueno). Técnico: Matheus Costa.

Confiança (0)

Rafael Santos; Marcelinho, Nirley, Nery Bareiro e João Paulo; Serginho (Gilberto), Jhemerson (Gustavo Ramos) e Daniel Penha; Neto Berola (Álvaro), Alex Henrique e Luidy (Bruno Senna). Técnico: Rodrigo Santana.

Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa-PR.

Árbitro: Felipe da Silva Gonçalves Paludo (RJ).

Assistentes: Thiago Gomes Magalhães e Andre Izaura Maffra (ambos RJ).

Cartões amarelos: Tomas Bastos, Felipe Garcia e Fábio Alemão (OPE); Rodrigo Santana (CON)

Trending