conecte-se conosco
Técnico Ranielle Ribeiro, do Campinense Técnico Ranielle Ribeiro, do Campinense

PBSérie DÚltimas

Técnico descarta acomodação do Campinense e projeta Central

Foto: Daniel Lins/Campinense

Publicados

em

A derrota do Campinense para o Sousa na última rodada da Série D, por 3 a 2, incomodou bastante a torcida rubro-negra. Até porque, no terceiro confronto das duas equipes em apenas seis dias. Os dois anteriores foram pela final do Campeonato Paraibano, onde a Raposa conquistou o título. Por isso, houve a indagação de que o time poderia ter se acomodado, o que o fez tropeçar na partida. Contudo, o comandante do Campinense, Ranielle Ribeiro, rechaçou a possibilidade e ressaltou a qualidade do adversário.

“Toda e qualquer derrota te faz repensar e analisar com mais frieza o que levou a esse resultado negativo. Essa derrota para o Sousa, por ser a primeira, se criou um cuidado maior na hora de reavaliar o jogo, de se fazer a edição com alguns ingredientes que poderiam ter evitado a derrota, mas eu falo para o nosso torcedor que, nesse momento, pode estar pensando que o revés veio em decorrência de uma possível acomodação após o título, isso não aconteceu”, disse Ranielle Ribeiro.

Além disso, a partida contra o Sousa acabou rendendo três expulsões para o Campinense ao fim da partida, em confusão entre jogadores. O lateral-esquerdo João Victor, o volante Serginho e o meia Edinho Corrêa tomaram o vermelho e, juntos ao atacante Matheus Régis – lesionado – serão desfalques certos para enfrentar o Central neste domingo (27), às 15h, em Caruaru-PE. Assim, Ranielle quebra a cabeça para montar a equipe diante das peças que terá em mãos.

“Todo e qualquer desfalque faz a diferença, não só do que se pensa em iniciar o jogo, como seria o caso do Matheus (Régis), mas também para modificar, para melhorar os jogos com as mudanças que podemos fazer para mudar o panorama da partida ou acrescentar no que vem sendo feito de positivo. O Matheus vai fazer muita falta, assim como os meninos que foram expulsos em uma confusão desnecessária que foi criada após o fim do jogo. Mas é o que sempre falo, é buscar o melhor padrão de jogo com o que temos para representar bem o Campinense, ir até Caruaru, fazer acontecer e ir em busca do resultado positivo”, completou o treinador do Campinense. 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending