conecte-se conosco
Messias, zagueiro do Ceará Messias, zagueiro do Ceará

CECearáSérie AÚltimas

Desempenho defensivo do Ceará é valorizado por bons números do Bragantino no campeonato

Stephan Eilert/Ceará SC

Publicados

em

O Ceará empatou sem gols com o Red Bull Bragantino nesta quinta-feira, em jogo válido pela 8ª rodada da Série A. Jogando em casa, os paulistas, donos do melhor ataque do campeonato, saíram sem marcar gols pela primeira vez no torneio, mas essa é apenas uma das marcas que valorizam a boa atuação do sistema defensivo do Ceará.

Nos 32 jogos que já fez na temporada, esta foi apenas a sexta vez que o time de Bragança saiu de campo sem marcar gols. No Brasileirão, foi a primeira. Além de ter o melhor ataque, com 17 gols marcados no Brasileirão, o Touro chegou para o jogo com a segunda maior média de finalizações no torneio, atrás, apenas, do Flamengo, com mais de 16 chutes a cada jogo – neste jogo, foram 13. Se o número total não é tão menor, o de finalizações certas ficou bem abaixo.

Segundo time com melhor mira, o Braga tinha mais de 5,5 chutes certos por gol, mas, com o bom cerco aplicado pelo cearenses, dificultando a entrada dos paulistas na área, o Red Bull só conseguiu acertar duas finalizações ao longo da partida. Ou seja, os 35% de chutes certos que o clube tinha de média no campeonato, o time teve uma taxa de acerto de apenas 15%.

Isso também se reflete, claro, com os números de chutes paulistas de dentro da área adversária. Neste jogo, foram cinco, o menos número até agora para o Bragantino, que ostentava uma média acima de 10 chutes da área a cada partida.

Segundo a plataforma Sofascore, o Red Bull teve apenas uma chance real no jogo, mesmo número que tinha tido contra o Atlético-GO, convertendo a oportunidade. Fora isso, porém, todos os jogos tiveram produção bem mais efetiva, com média de quase 4,5 grandes chances para o clube até o momento que entrou em campo contra o Ceará.

Messias

Segundo a mesma plataforma, o melhor zagueiro e terceiro melhor jogador do Ceará na partida foi o capitão Messias. Entrevistado pelo canal Premiere na saída do campo, ele comemorou o ponto, mas afirmou que o time queria mais.

“A gente veio na intenção de ganhar o jogo, não de levar um ponto para casa. Isso não nos deixa tristes, mas com a sensação de que queria mais. Mas jogar fora de casa, contra o líder do campeonato, é sempre importante pontuar, então eu acredito que foi um grande jogo e esse ponto vai nos ajudar muito lá na frente. Então, é valorizar esse ponto, mas dizer que a gente não está satisfeito com ele”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending