conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Sport sai na frente, mas vacila atrás e empata fora com o Atlético-GO

Rubro-negro completou seis jogos sem vencer, mas segue fora do Z4

Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife

Publicados

em

O Sport voltou a campo na noite desta quarta-feira, diante do Atlético-GO e empatou em 1 a 1, no estádio Antônio Accioly. O Leão até saiu na frente, com Marcão, no início do segundo tempo, mas, pouco depois, em um erro da defesa na saída de bola, levou gol de Arthur Gomes, em duelo válido pela décima rodada da Série A.

E agora?

Com o resultado, o Rubro-negro foi aos sete pontos, em 15º lugar. Na sequência, o Rubro-negro recebe o Fluminense, neste sábado.

Sport melhora no 2T e pontua contra o Atlético-GO, lá. Porém, soma 6 jogos de jejum

O jogo

O primeiro tempo foi equilibrado, mas morno. Como de costume, o Sport postou-se bem defensivamente, mas demonstrou as conhecidas dificuldades criativas e pouco agrediu.

Em campo, o Rubro-negro esteve com as duas linhas baixas, a partir do próprio campo, deixando o Dragão propor o jogo para tentar roubar e sair em velocidade.

E diante desse cenário, o Sport pouco sofreu, cedendo chances ao Atlético-GO apenas em chutes de fora da área, que não levaram perigo – apenas duas em direção à meta. Sabino e Thyere, mais uma vez, estiveram bem.

Com a bola, por sua vez, o Leão até teve espaço, mas foi lento e pragmático. Na tentativa de acelerar ou realizar uma triangulação, o time cometeu erros e devolveu a bola ao adversário. Sem conseguir infiltrar, recorreu a cruzamentos e levou perigo dessa forma a partir de bola parada.

Primeiro, após escanteio cobrado, Sabino cabeceou bem, para o chão, mas a defesa do Dragão desviou. Em seguida, depois de cobrança de falta lateral alçada na área, o ataque leonino ganhou a disputa e a bola ficou viva na área, mas não apareceu ninguém de vermelho e preto para concluir.

Segundo tempo

Para a etapa complementar, o duelo voltou frenético. E o Sport rapidamente abriu o placar, na única joga que conseguiu levar perigo durante todo o primeiro tempo: a bola aérea. Aos quatro minutos, após escanteio na área, Marcão tentou duas vezes de cabeça e, no rebote, aproveitou a barra aberta para abrir o placar.

A vantagem, porém, durou pouco. Pressionado na saída de bola, Thyere recebeu recuo de Hayner e, ao tentar dominar, adiantou demais e foi desarmado próximo da linha de fundo por Arthur Gomes, que avançou e, cara a cara, deslocou Mailson para deixar tudo igual, aos nove.

A partir daí, o jogo voltou ao panorama do primeiro tempo, com equilíbrio, Atlético-GO tendo mais a bola e Sport tentando sair em velocidade. Mas sem maiores emoções, prevalecendo o sistema defensivo.

Com problemas para criar, o Sport até voltou a assustar e, como de costume, novamente pelo alto. Após cobrança de escanteio, Sabino cabeceou com perigo, mas Fernando Miguel se esticou todo para espalmar. Pouco depois, em um lance trabalhado pelo ataque, Marcão acionou André, que fez o pivô para Thiago Neves na lateral da grande área, onde o meia cruzou e Tréllez subiu bem, mas cabeceou por cima.

Desta forma, apesar da pressão final dos mandantes, o duelo terminou sem mexidas no placar. Sport segue sem vencer, mas ao menos conquistou um ponto fora de casa.

Ficha

Atlético-GO

Fernando Miguel; Dudu, Oliveira, Éder Ferreira, Natanael; Willian Maranhão, Marlon Freitas, Baralhas (Janderson); André Luiz, Lucão (Zé Roberto) e Arthur Gomes. Técnico: Eduardo Barroca

Sport

Mailson; Hayner (Ricardinho), Rafael Thyere, Sabino, Sander; Marcão, Zé Welison, Thiago Neves (Thiago Lopes); Neilton (Tréllez), André (Mikael) e Everaldo (Maxwell). Técnico: Umberto Louzer

Local: Estádio Antônio Accioly, Goiânia
Gols: Marcão (SPO); Arthur Gomes (ATL-GO)
Cartões amarelos: Dudu, André Luís (ATL-GO)

Ouça a partir do minuto 12′:

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados