conecte-se conosco

PESportÚltimas

Leonardo Lopes confirma favoritismo e é eleito novo presidente do Sport

Clube passou por eleição suplementar nesta quinta-feira; veja como foi

Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife

Publicados

em

Trinta e dois dias depois, o Sport volta a ter um presidente de forma oficial. Nesta quinta-feira, Leonardo Lopes (Sport na Raça) confirmou o favoritismo e foi reeleito com 81% dos votos, tornando-se o novo responsável pelo Executivo do clube até o término do ano que vem. Adversário na disputa, José Valadares (Coragem e honestidade, o melhor para o Sport) obteve 19%, em eleição suplementar durante o dia na Ilha do Retiro.

LEIA: Boca de urna aponta Léo Lopes eleito presidente do Sport com ampla vantagem

A vitória da ‘Sport na Raça’ não surpreende e, sabe-se, esteve muito perto de ter vindo há três meses, quando a chapa perdeu para Milton Bivar por apenas 38 votos. Mesmo sem Nelo Campos (principal vetor eleitoral), que teve a candidatura impugnada, e também sem a concorrência da situação – Bivar renunciou -, o grupo teve uma vitória acachapante, onde recebeu o apoio de 1.083 rubro-negros que dirigiram-se à sede para escolher quem comanda o clube.

A votação, aliás, durante todo o dia, ocorreu novamente no forma drive-thru e foi bem tranquila, sem maiores aglomerações ou confusões, diferentemente do que ocorreu há três meses – ali, a nível de contextualização, foram 2.359 eleitores, enquanto desta vez foram 1.304.

Tanto é, inclusive, que o resultado saiu cedo, por volta das 20h20, enquanto em abril, o vitorioso só foi descoberto após às 23h30. Presidente da Comissão Eleitoral, Pablo Bismack falou sobre a transcorrer do pleito.

“Eleição transcorreu de forma muito tranquila como já era esperado por a gente desde o início”, disse à Folha de Pernambuco. “Como já era esperado, as chapas se comportaram de modo muito ordeiro, de maneira que só temos que agradecer e parabenizar as chapas”, acrescentou Pablo Bismack.

Integrante do grupo ‘Sport na Raça’, Leonardo Lopes, de 44 anos, já atuou no clube enquanto diretor jurídico e diretor de futebol. Ao lado dele, terá Yuri Romão enquanto vice liderando o Executivo. Nelo Campos, por sua vez, assumirá a vice-presidência de futebol. O grupo, contudo, não elege ninguém para o Conselho Deliberativo (CD), que segue o mesmo eleito em abril.

Bate-chapa

Por conta das renúncias do então presidente Milton Bivar e vice Carlos Frederico, havia a expectativa, lá atrás, por uma chapa de consenso, que pudesse unir o clube. Porém, sabe-se, não foi assim. Nunca foi assim, aliás, na realidade: esta foi a 11ª vez, desde 1974, que o clube passou por eleição e sempre com bate-chapa.

Votos totais

Leonardo Lopes: 1.083 votos
José Valadares: 210
Nulos: 11

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending