conecte-se conosco
CSA ficou no 2 a 2 com o Vasco no estádio Rei Pelé CSA ficou no 2 a 2 com o Vasco no estádio Rei Pelé

ALCSASérie BÚltimas

No Rei Pelé castigado pela chuva, CSA e Vasco empatam pela Série B

Foto: Augusto Oliveira/CSA

Publicados

em

Dentro do estádio Rei Pelé com o gramado encharcado pelas fortes chuvas que atingiram Maceió-AL, o CSA ficou no 2 a 2 com o Vasco da Gama pela 13ª rodada da Série B. O Azulão saiu atrás do placar, mas empatou com Gabriel e virou com Ernandes. Marquinhos Gabriel pôs o cruzmaltino na frente – ele estava em posição irregular – ainda no começo do primeiro tempo, e na segunda etapa Daniel Amorim garantiu o empate.

Com o resultado, o CSA chega a 15 pontos e cai para a 12ª colocação. O Vasco tem 19 e permanece no oitavo lugar. O Azulão volta a campo no próximo sábado (24), às 21h, no Rei Pelé, diante do Vitória. O Alvinegro carioca joga no mesmo dia e horário, no estádio São Januário, e recebe o Guarani.

Confira a classificação da Série B

Gramado encharcado faz jogo aéreo se sobressair

Em Maceió-AL, as fortes chuvas que caíram durante a noite castigaram o gramado do estádio Rei Pelé. Cheio de poças, fazendo com que se tornasse quase impraticável fazer a bola rolar e, desta forma, as equipes jogarem com passes mais curtos, restou apelar para lançamentos e chutes de longa distância, até para testar os goleiros. E foi dessa forma que o Vasco abriu o placar.

Aos quatro minutos, Zeca lançou Cano, que dominou e aproveitou o escorregão de Matheus Felipe. O argentino arriscou de fora da área e Lucas Frigeri deu rebote. Gabriel Pec conseguiu tocar para o meio da área, onde estava Marquinhos Gabriel, impedido, para marcar o gol. A partida ficou bastante truncada, como esperava, pela situação do campo. Daí, o Azulão tentava chegar pelos lados ou em bola parada, mirando Dellatorre dentro da área. Mas num escanteio os donos da casa quase empataram com Renato Cajá, que cobrou fechado e acertou o travessão, aos 20.

O CSA começou a ganhar campo, se comportar melhor, entendendo que não daria para jogar tanto com passes curtos, e foi colocando o Vasco para o campo de defesa. Numa das saídas em velocidade, empatou aos 28 minutos. Gabriel foi lançado nas costas da defesa carioca, ganhou na velocidade e, com muita categoria, deu um toquinho encobrindo o goleiro Vanderlei. As duas equipes ainda buscaram chegar através de chutes de fora da área, com os dois goleiros trabalhando bem quando foram acionados, e o placar do primeiro tempo terminou empatado mesmo.

Gols novamente, mas CSA e Vasco cansaram no fim

A segunda etapa começou truncada, com faltas pelo meio, e o CSA soube aproveitar quando teve a chance com o gramado molhado. Aos sete minutos, Silas soltou uma bomba em cobrança na intermediária, Vanderlei deu rebote e Ernandes, estreante da noite, apareceu bem dentro da área para chutar e virar o placar. O Azulão tentou controlar o ritmo da partida, até porque as poças do gramado diminuíram. Aos 19, Dellatorre tabelou com Gabriel, invadiu a área e bateu para fora, mas com perigo.

O Vasco fez mudanças para focar no jogo pelas laterais, visando a bola aérea para os atacantes. Um deles, o centroavante Daniel Amorim, que entrou aos 12, foi responsável pelo empate alvinegro. Aos 27, Zeca recebeu em profundidade pela direita e cruzou para o meio da área, onde o grandalhão apareceu bem e cabeceou forte para as redes. Com as mudanças, a partida seguiu truncada, com menos finalizações, e o CSA sentiu o cansaço. A saída de Renato Cajá e Gabriel impactou diretamente nas chegadas do Azulão no ataque. Apesar das duas equipes ainda insistirem nos cruzamentos, as defesas se saíram melhor e o empate permaneceu no placar.

Ficha do jogo

CSA (2)

Lucas Frigeri; Yuri, Matheus Felipe, Lucão e Ernandes; Geovani, Silas (Reinaldo), Gabriel (Ewerthon), Renato Cajá e Bruno Mota; Dellatorre (Yago). Técnico: Ney Franco.

Vasco (2)

Vanderlei; Zeca, Ernando, Leandro Castán e Riquelme (Léo Jabá); Bruno Gomes (Juninho), Galarza e MT; Marquinhos Gabriel (Daniel Amorim), Gabriel Pec (Morato) e Germán Cano. Técnico: Alexandre Gomes.

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió-AL;

Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC).

Assistentes: Henrique Neu Ribeiro e Thiaggo Americano Labes (ambos SC)

Gols: Gabriel, aos 28′ do 1ºT, e Ernandes, aos 7′ do 2ºT (CSA); Marquinhos Gabriel, aos 4′ do 1ºT, e Daniel Amorim, aos 27′ do 2ºT (VAS).

Cartões amarelos: Silas (CSA); Germán Cano, Bruno Gomes e MT(VAS).

Trending