conecte-se conosco

ConfiançaSESérie BÚltimas

Confiança leva gol do Remo no fim e perde mais uma na Série B

Reprodução/Premiere

Publicados

em

Confiança e Clube do Remo protagonizaram um duelo azul na noite desta terça-feira, em Aracaju. Entre acertos e erros, o Dragão saiu atrás do placar, buscou o empate, mas se perdeu em seu jogo e acabou derrotado com um gol aos 49 minutos. No 2 a 1, Marcelinho, contra, abriu para o Remo, Luidy empatou, e Victor Andrade selou a derrota do Confiança.

No primeiro tempo, os donos da casa tentaram ser mais propositivos, frente a um Leão com dificuldade para transformar sua ampla posse de bola em domínio. No segundo, porém, o Remo cresceu e pressionou bastante. O gol, mesmo saindo já com alguns minutos de acréscimo, só não veio antes por causa de uma inspirada atuação do goleiro Michael, que nada pôde fazer no lance do desempate.

Como fica?

Com o placar, pouco muda para o Confiança, que segue em 19º e espera se distancia ainda mais da primeira equipe fora da zona. No momento, antes do fim da rodada, são cinco pontos até o Vila Nova. O Remo, por sua vez, se coloca em 11º e já pode entrar na briga pelo acesso nas próximas rodadas. Agora, os sergipanos voltam a campo na noite da sexta-feira, em um confronto direto contra o Z4. O jogo é contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte. O Clube do Remo, por sua vez, joga na noite seguinte, recebendo o CRB.

Um para cada

Mais pressionado por uma vitória, o Confiança tentou apresentar seu jogo. Disposto a atacar, os sergipanos conseguiram criar boas oportunidades ofensivas, mas com dificuldades para transformar isso em finalização certa. A realidade, porém, é que para o primeiro gol do jogo, isso nem seria necessário. Aos 15, Felipe Gedoz cobrou falta cruzada e, em uma área quase só com jogadores do Confiança, Marcelinho errou e marcou contra, abrindo o placar para o Remo.

Depois de sair na frente, o Remo até ensaiou tomar as forças do jogo, mas o Confiança, mesmo com bem menos posse de bola, continuava sendo quem chegava com mais consciência ao campo de ataque. E foi assim, na persistência, que o Dragão superou a dificuldade na finalização para buscar o empate com Luidy, aos 36. O atacante recebeu o lançamento de Madison, invadiu a área e bateu entre as pernas do goleiro para deixar tudo igual.

Pressão paraense

No intervalo, Zé Carlos Leal tentou acionar Gustavo Ramos para dar um novo perfil ao ataque proletário. Por um breve momento, isso até pareceu viável, mas o jogo logo caiu de ritmo. Ainda que o Confiança fosse o único a finalizar, o time não conseguia se fazer tão presente no setor ofensivo como vinha ao longo da primeira etapa.

Depois, porém, o jogo virou e o Remo assumiu o controle total. Com a posse de bola, criando as jogadas, se fazendo presente no ataque e finalizando bastante, os paraenses cresceram e tiveram amplo domínio dos 30 minutos finais de jogo. Assim, inclusive, eles subiram o ritmo seguidamente e tiveram as melhores chances da partida nos minutos finais.

Na principal, aos 36, Victor Andrade fez uma linda jogada individual pela direita e só foi parado por um milagre de Michael de mão trocada. O goleiro, inclusive, saiu de campo como grande destaque do Dragão, após operar uma série de defesas difíceis nesta etapa final.

Isso, porém, não seria suficiente. Após muita persistência ofensiva, Victor Andrade fez uma jogada individual no meio do campo de ataque e, de longe, acertou uma bomba no cantinho de Michael, que nada pôde fazer dessa vez. Com isso, mais uma vez, o Confiança saiu de campo com a derrota.

Ficha do jogo

Confiança 1
Michael; Marcelinho, Vinicius Santana, Nery Bareiro e Lucas Sampaio; Madison (Fernando Medeiros), Álvaro (Everton) e Jhemerson (Rafael Vila); Williams Santana (Gustavo Ramos), Luidy e Hernane Brocador (Tiago Reis). Técnico: Zé Carlos Leal.

Clube do Remo 2
Vinícius; Thiago Ennes, Kevem, Rafael Jansem e Igor Fernandes; Anderson Uchôa, Arthur Santos (Ronald) e Felipe Gedoz (Rafinha); Marcos Júnior (Warley), Victor Andrade e Renan Gorne (Lucas Tocantins). Técnico: Felipe Conceição.

Local do jogo: Batistão, em Aracaju-SE
Árbitro: Rodrigo Jose Pereira de Lima (PE)
Assistentes: Ricardo Bezerra Chianca (PE) e Karla Renata Cavalcanti de Santana (PE)
Gols: Marcelinho (contra – 16’/1ºT | REM), Luidy (37’/1ºT | CON) e Victor Andrade (49’/2ºT)
Cartões amarelos: Williams Santana, Gustavo Ramos, Nery Bareiro (CON) Felipe Conceição, Victor Andrade, Thiago Ennes, Igor Fernandes e Anderson Uchôa (REM)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending