conecte-se conosco
Fortaleza Fortaleza

CECopa do BrasilFortalezaÚltimas

Crispim vê Fortaleza forte mentalmente, enfatiza treino de pênaltis e correção de falhas para pegar São Paulo

Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC

Publicados

em

O Fortaleza tem uma decisão contra o São Paulo nesta quarta-feira (15), às 21h30, na Arena Castelão, pelo jogo da volta das quartas de final da Copa do Brasil. O Leão vem em um momento de oscilação na temporada, com seis jogos seguidos sem vencer na temporada, com quatro empates e duas derrotas. E, no meio disto, tem esse jogo importantíssimo contra o time paulista, que pode colocar o Tricolor do Pici pela primeira vez nas semifinais da competição nacional.

Com isso, o elenco do Fortaleza tem ciência da responsabilidade que tem em mãos. A parte mental do time vem sendo trabalhada nos últimos dias para que agora, nesta fase decisiva, o grupo volte a retomar o bom futebol e os resultados de outrora, mesmo com alguns fatores negativos pesando contra o atual momento.

“A gente sabe da responsabilidade que temos pela frente, sabemos do poder dessa classificação. Nosso psicológico está muito bom. Sabemos muito bem o que a gente quer nessa competição e o que devemos fazer nesse jogo. A gente vem treinando forte nesses últimos dias para não sermos surpreendidos. Sabemos da força da nossa casa. Não é porque tivemos nossa primeira derrota dentro de casa no Campeonato Brasileiro, que deixaremos isso nos abalar. Pelo contrário, nosso psicológico está muito bom. Viemos trabalhando muito forte para não sermos surpreendidos e conseguir essa classificação”, avaliou o meia Lucas Crispim.

Cobranças de pênaltis do Fortaleza

Um ponto que vem pesando no Fortaleza nos últimos jogos é o aproveitamento nas cobranças de pênaltis, onde a equipe desperdiçou os dois últimos que cobrou no Brasileirão, contra o Santos – o próprio Lucas Crispim perdeu – e contra o Juventude – onde Bruno Melo desperdiçou. É algo que vem sendo treinado para, caso a situação leve às penalidades, o Leão esteja preparado.

“A gente vem treinando bastante, principalmente cobrança de pênalti, sabemos que isso pode acontecer principalmente por se tratar da Copa do Brasil. Sabemos como devemos jogar esse tipo de jogo. A gente vem treinando bastante e aprimorando para não cometer mais esses erros que tivemos nos jogos passados”, acrescentou o meio-campista do Fortaleza.

Postura para encarar o São Paulo

Tendo empatado o jogo de ida em 2 a 2, o Fortaleza sabe que precisa da vitória para avançar direto às semifinais. Em caso de novo empate, seja qual for o placar, a decisão irá para os pênaltis. Por isso, o Tricolor vai manter sua postura habitual, de buscar o ataque, e pretende se impor dentro de casa, fazendo valer seu mando de campo diante da equipe paulista. A aposta é de que será um jogo aberto e bastante disputado, tal qual foi a primeira partida, no estádio do Morumbi.

“A gente não tem que esperar ninguém não. Sabemos da grandeza das duas equipes. Temos muita noção do que a gente quer e pode fazer. Já demonstramos isso em outras partidas, inclusive vencemos no Campeonato Brasileiro dentro da casa deles. A gente não espera porque isso não é nosso estilo de jogo, que é buscando a posse de bola e o ataque total. Nossa equipe propõe o jogo, e acho que vai ser um jogo aberto, se tratando de duas equipes grandes do futebol nacional, que querem vencer, e temos que estar espertos a esse detalhe”, concluiu Lucas Crispim.

Veja a coletiva do meia do Fortaleza

Trending