conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

No Sport, Marcão prega superação em meio à logística difícil: ‘Não pode fazer de muleta’

Capitão falou sobre o cenário do confronto contra o Santos, neste domingo

Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife

Publicados

em

O Sport terá um tempo curto de preparação para enfrentar o Santos, neste domingo, e dará ênfase à recuperação dos jogadores. O volante e capitão rubro-negro, Marcão, reconheceu as dificuldades impostas pela logística de retorno do Mato Grosso, mas afirmou que ‘não pode fazer de muleta’ de olho no confronto que ocorre na Arena de Pernambuco, pela 27ª rodada da Série A. 

LEIA: Sport solicita e transfere jogos restantes como mandante na Série A para a Arena
LEIA: Sport abre mais um setor e reduz preço dos ingressos para encarar o Santos; confira esquema

Depois da derrota para o Cuiabá na noite da última quinta-feira, a delegação pernambucana desembarca no Recife apenas na madrugada de sábado, único dia de atividades do elenco.

“A logística é bem estranha porque aqui é uma hora a menos e eu tenho certeza que um pouco do cansaço vai bater, sim. Mas não podemos fazer isso de muleta. Temos que fazer de suplemento para que possamos estar elevando um pouco mais a nossa força. Chegaremos hoje de madrugada, vamos fazer um treino amanhã e nos preparar para a próxima partida. Fica muito em cima para quem jogou na quinta e tem que voltar a jogar no domingo, por conta da logística, distância das cidades, voo. Mas é dar sequência. Não tem outra conversa porque precisamos mais do que nunca dessa vitória”, disse o jogador. 

A comissão técnica, inclusive, não descarta a possibilidade de ter que preservar alguns jogadores por conta do desgaste, de acordo com o técnico Gustavo Florentín. Antes, porém, o treinador planeja uma conversa com os atletas quanto à recuperação de cada um. 

O duelo diante do Santos, aliás, é o chamado ‘jogo de seis pontos’. Isso porque o Leão aparece em 18º lugar, com 26 pontos, enquanto o Peixe é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, com 28. E o volante avaliou a partida.

“A chave já virou. O sofrimento e a tristeza (da derrota) duraram até a meia noite. Temos que pensar no próximo jogo. Não podemos ficar lamentando a derrota. Temos que focar, concentrar e estudar o nosso próximo adversário que já é domingo. Nesse período de viagem e um pouco de descanso, a gente já tem que estar focado nessa partida. A concentração tem que ser maior. Se concentrar, estudar um pouco o adversário para conseguirmos essa vitória no domingo”, concluiu Marcão.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending