conecte-se conosco

MAÚltimas

Após queda de estrutura, Imperatriz projeta volta a estádio no fim de novembro

Divulgação/Imperatriz

Publicados

em

O Imperatriz está perto do retorno ao estádio Frei Epifânio D’Abadia, que passa por processo de revitalização, após o desabamento de parte da sua cobertura, no último dia 28 de agosto. Em nota divulgada pela diretoria do clube, foi informado o recebimento de um relatório da Secretaria de Estado de Infraestrutura (SINFRA), liberando a presença de público no palco, desde que respeitando protocolos de segurança física.

Agora, para confirmar o retorno, a diretoria entrará, nesta quinta-feira, com pedido junto ao Corpo de Bombeiros para a realização de uma nova vistoria para a liberação do estádio.

Em primeiro momento, como as obras no setor coberto do estádio seguem em andamento, a empresa responsável pela revitalização orientou que o clube distribua o público dentro do estádio para mitigar os riscos. Assim, o trecho de arquibancadas que foi atingida pelo desabamento não deverá ser utilizada até o fim da reestruturação.

Se o clube entender que aquele setor será fundamental em alguma ocasião, porém, a empresa ainda indica que a ocupação máxima não deve ultrapassar os 50%, e apenas no caso das condições climáticas não apresentarem instabilidade. O incidente original aconteceu por causa de um temporal que atingiu a cidade de Imperatriz.

Com isso, a expectativa é de que o estádio, que não é utilizado desde aquele dia, quando o clube jogava contra o 4 de Julho na Série D, volte a ser utilizado no fim deste mês, quando o clube inicia a sua jornada na Copa FMF, torneio de caráter estadual.

A estreia do clube no torneio ainda não tem data ou local definido, mas o jogo será contra o Bacabal, clube que, coincidentemente, também vive problemas com a estrutura de seu estádio, o José Luís Corrêa.

No melhor cenário, a carga total do estádio só deve ser liberada em 2022, ano em que o clube disputará apenas a Série B do Campeonato Maranhense e a Copa FMF.

Confira a nota oficial do Imperatriz na íntegra

A diretoria do Imperatriz, vem a público informar que recebeu da Secretaria de Estado da Infraestrutura, Sinfra, cópia de um relatório da empresa prestadora de serviços com Parecer Técnico Preliminar referente a avaliação das condições das estruturas do Estádio Frei Epifânio D’Abadia.

No documento de quatro páginas a empresa Concremat libera o acesso de público ao estádio, mas orienta que seja adotada melhor distribuição de público dentro do estádio para a preservação das condições mínimas de segurança e mitigação dos riscos.

O documento orienta que o trecho das arquibancadas atingidas pelo desabamento da cobertura não seja ocupado antes da conclusão dos trabalhos, porém, se a administração do estádio entender que esta área é fundamental para o sucesso dos eventos, sugere liberar ao público em até, no máximo, 50% da capacidade total, desde que a previsão do clima não apresente instabilidades na Região.

O Parecer da empresa acrescenta a mesma recomendação para as salas da imprensa do citado trecho de arquibancadas, mas se a escolha por por tais espaços recomenda-se interditar os banheiros por serem próximos de elemento de alvenaria que sofreu danos (trinca), além de estar descoberto.

O relatório acrescenta que é considerada área de risco o banco de reservas que se encontra alinhado com a parte das estruturas metálicas que não colapsaram, ficando a indicação de que o mesmo deve ser removido de maneira provisória para o outro lado do campo ou qualquer outra área.

Devido a corrosão em trechos da estrutura metálica remanescente não poderá ser liberado o trânsito de pessoas sob o trecho, ainda, coberto até que os estudos de modelagem, capacidade resistente e destino da estrutura, estejam concluídos. A empresa acrescenta, ainda, que devem ser colocadas barreiras para evitar tentativas de invasão do local.

O relatório conclui que a estrutura de concreto armado é robusta nos vestiários, o que aparentemente são locais seguros para uso, mas foram detectados problemas de umidade nos vestiários e como as avaliações estão em curso não há como opinar.

Esta diretoria vem informar que o parecer técnico é preliminar, mas favorável a liberação do estádio para as partidas do Imperatriz na Copa FMF. Diante desse documento, a diretoria vai dar entrada, na quarta-feira, dia 3 de novembro, com pedido de vistoria no Corpo de Bombeiros e Prefeitura de Imperatriz para correção do primeiro laudo quando, ainda, não existia o parecer atual.

Atenciosamente.
Wagnner Ayes, Presidente do Imperatriz.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending