conecte-se conosco

ConfiançaSESérie BÚltimas

No Rio, Confiança perde para o Botafogo e fica em situação muito delicada na Série B

Vitor Silva/BFR

Publicados

em

O Confiança teve sua segunda derrota seguida nesta Série B e, agora, se vê em uma situação quase irreversível para fugir do rebaixamento. Contra o Botafogo, o time conseguiu fazer um bom jogo defensivo, mas teve dificuldades na frente, primeiro sem conseguir criar, depois, errando nas finalizações. Ao fim, vitória botafoguense por 1 a 0, em gol de Diego Gonçalves, já no segundo tempo.

Como fica?

Com a derrota, o Confiança para nos 31 pontos e se vê a sete pontos do Brusque, primeiro fora da zona de rebaixamento. Em jogo, só restam mais 15 pontos e, caso vença todas as partidas restantes, o Dragão chega a 46 pontos, margem que ainda poderia mantê-lo na Segunda Divisão, mas sem 100% de garantias.

Os cariocas, por sua vez, seguem na vice-liderança da Série B, com 59 pontos e uma folga de cinco pontos dentro do G4. Na próxima rodada, o Confiança enfrenta o Brusque às 19h do sábado, no Batistão. O Botafogo tem um clássico contra o Vasco da Gama no Engenhão, às 16h do domingo.

Jogo travado

O jogo começou com um ritmo movimentado, de um lado, um Botafogo que buscava o jogo pelo controle de posse de bola; do outro, um Confiança que conseguia recuperar a bola na defesa e acabava aparecendo melhor no campo de ataque ao aplicar jogadas de contra-ataque.

O bom ritmo, porém, durou pouco. Ao longo da primeira etapa, aracajuanos e cariocas protagonizaram um jogo de muita disputa e pouca criação. Os Alvinegros esbarravam na defesa dos Azulinos, que, por sua vez, retomavam a posse, mas encontravam grande dificuldade para aplicar intensidade ofensiva e buscar espaços no último terço.

Pressão do Confiança, gol do Botafogo

Se o primeiro tempo terminou com ritmo lento e pouca intensidade, o segundo começou ainda pior. Com marcações ainda mais fortes, o Confiança seguiu tirando o espaço para o jogo do Botafogo, mas viu o jogo se tornar constantemente parado, o que atrasava ainda mais qualquer tentativa de imposição de ritmo.

Com as primeiras substituições, porém, o Dragão começou a encontrar as suas saídas para o ataque, enquanto os cariocas seguiam com dificuldade frente à intensa marcação sergipana. Essas subidas, porém, eram justamente o que o Botafogo precisava para encontrar espaço para encontrar uma defesa desorganizada e se usar da velocidade para abrir o placar.

Aos 30, foi em uma dessas que Warley cresceu pela direita e foi à linha de fundo para cruzar para trás e ver a bola passar por todo mundo para que Diego Gonçalves, do outro lado, batesse sem chances de defesa para Rafael Santos.

Daí em diante, o Confiança subiu as linhas e pressionou pelo gol de empate, o que rendeu um jogo mais aberto, com boas subidas para os dois lados. Ainda deu tempo para João Paulo cobrar falta na trave e quase empatar, mas nada que alterasse o placar.

Ficha do jogo

Botafogo (1)
Diego Loureiro; Daniel Borges, Joel Carli, Kanu e Hugo; Barreto (Luís Oyama), Pedro Castro (Ricardinho) e Luiz Henrique (Diego Gonçalves); Ronald (Warley), Marco Antônio e Rafael Navarro. Técnico: Enderson Moreira.

Confiança (0)
Rafael Santos; Jonathan Bocão, Nirley, Adalberto e João Paulo; Vinícius Barba, Adriano Júnior (Rafael Vila) e Álvaro; Willians Santana (Lucas Sampaio), Ítalo (Neto Berola) e Hernane Brocador (Tiago Reis). Técnico: Luizinho Lopes.

Local do jogo: Estádio Olímpico Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro-RJ
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF)
Gol: Diego Gonçalves (30’/2ºT | BOT)
Cartões amarelos: Rafael Navarro, Barreto (BOT), Rafael Santos, Neto Berola e Jonathan Bocão (CON)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending