conecte-se conosco
Vitória vence Vasco no Rio Vitória vence Vasco no Rio

BASérie BÚltimasVitória

Vitória faz grande jogo, vence Vasco no Rio e fica a um ponto de deixar Z4 da Série B

Foto: Thiago Ribeiro/Vitória EC

Publicados

em

Atuação quase impecável, que empolga e acende ainda mais a esperança de permanecer na Série B. Isso deve ser apenas uma pequena parte da sensação do torcedor do Vitória após o Leão bater o Vasco por 3 a 0, em São Januário, no Rio de Janeiro-RJ. Com gols de Marcinho, duas vezes, e Thalisson Kelven, o Rubro-negro mostra que está vivo e lutará até o fim pela permanência na Segundona.

O Vitória volta a campo no próximo domingo (14), às 19h, contra o Cruzeiro. O duelo será realizado no Barradão, em Salvador-BA, e a expectativa é de casa cheia para empurrar o Rubro-negro. O Vasco encara o Vila Nova no OBA, em Goiânia-GO, às 18h da segunda-feira (15). O Leão sobe para o 18º lugar, com 37 pontos, e fica apenas um ponto atrás do Brusque, primeiro time fora do Z4. O Vasco segue estacionado no nono lugar, com 47 pontos.

Confira a classificação da Série B

Após gol relâmpago, Vitória se fecha bem

Não teve nem tempo para analisar as posturas no início da partida. Logo aos 53 segundos, Marcinho pegou a bola pelo lado esquerdo, próximo à risca do meio de campo. Carregou com muita liberdade até a intermediária, cortou para o meio e acertou um chutaço no canto esquerdo alto de Lucão. Assim, o jogo ficou como o Vitória queria, com maior tranquilidade, tentando aproveitar o nervosismo do Vasco.

O Alvinegro ficou “grogue” após o gol sofrido, e quase que o Leão ampliava. Aos quatro minutos, David recebeu nas costas da zaga, invadiu a área e tocou por cima do goleiro, mas a bola beijou a trave e saiu. Depois, com a posse de bola característica dos times comandados por Fernando Diniz, o Vasco tentou chegar em finalizações de fora da área, até levando certo perigo.

Mas sua melhor tentativa aconteceu aos 18, em cobrança de falta de Nenê que Lucas Arcanjo mergulhou no cantinho para defender. Aos 37, o arqueiro também fez outra defesa importante em chute de Nenê, evitando o empate. Bem postado, o Leão fechou bem a sua área para que o adversário pouco incomodasse dentro dela.

Superior, Leão constrói resultado enorme

Com postura reativa, o Vitória deixava o Vasco com mais posse de bola, enquanto esperava os contragolpes. E pela desorganização do time adversário, o Rubro-negro começou a achar esses espaços. Foi incomodando, chegando pelas beiradas do campo, e criou lances importantes. Através de um escanteio, o placar ampliou. Em cobrança da esquerda, Thalisson Kelven apareceu livre na segunda trave para cabecear e estufar as redes aos 23 minutos.

O Vasco ainda tentou manter alguma reação, mas sofreu outro duro golpe. O Leão foi certeiro. Aos 31, David foi derrubado dentro da área por Wálber e Marcinho chamou a responsabilidade. Na cobrança, o ponta deslocou bem o goleiro e fez o terceiro gol. Depois, bastou ao Vitória segurar a vantagem e até tentar fazer o quarto gol. Mas não fez falta. O placar estava consolidado e mantém o Rubro-negro vivo na briga pela permanência na Segundona.

Ficha do jogo

Vasco (0)

Lucão; Bruno Gomes, Wálber (Rômulo), Leandro Castán e Riquelme; Andrey, MT (Morato), Marquinhos Gabriel, Nenê e Gabriel Pec (Galarza); Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz.

Vitória (3)

Lucas Arcanjo; Raul Prata, Thalisson Kelven, Wallace e Roberto (Renan Luís); João Pedro, Eduardo (Cedric) e Fernando Neto (Soares); Fabinho, Marcinho (Alisson Santos) e David (Caíque Souza). Técnico: Wagner Lopes.

Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro-RJ.

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN).

Assistentes: Lorival Cândido das Flores e Jean Marcio dos Santos (ambos RN).

Gols: Marcinho, a 1′ do 1ºT, e Thalisson Kelven, aos 23′ do 2ºT (VIT).

Cartões amarelos: Andrey, Gabriel Pec, Wálber, Cano (VAS); Eduardo, Fernando Neto (VIT).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending