conecte-se conosco

PBSérie DÚltimas

Após derrota em casa na ida, Campinense precisa de feito inédito para ganhar Série D

Publicados

em

Neste sábado, o Campinense terá um grande desafio. No último jogo da Série D de 2021, a Raposa precisa reverter a derrota no jogo de ida e confirmar um bom resultado contra a Aparecidense para voltar de Goiás com a taça do campeonato na bagagem. A missão, porém, é difícil, uma vez que nenhuma equipe que perdeu o jogo de ida da final conseguiu reverter e garantir o título fora de casa.

Até hoje, das 12 edições já finalizadas da Quarta Divisão, apenas duas tiveram um campeão que largou com derrota na final. Em 2009, quando o Macaé vencer a ida por 3 a 2, mas o São Raimundo-PA ganhou a volta por 2 a 1 e levou a taça pelos gols fora de casa; e em 2013, quando o Juventude venceu o primeiro jogo por 2 a 1 e o Botafogo-PB aplicou um 2 a 0 na volta.

Nas duas oportunidades, porém, os jogos de ida aconteceram na casa dos times que terminaram com o vice-campeonato. Assim, os outros times tiveram o mando de campo a seu favor na hora de buscar a reviravolta, algo que não acontece nesta edição. A derrota do Campinense por 1 a 0 no jogo de ida aconteceu no Amigão e, agora, o time vai a Aparecida de Goiânia para buscar o resultado.

Esse cenário atual também é bem raro. Até hoje, esta é apenas a terceira vez na qual uma equipe visitante vence o jogo de ida da final. Na primeira, em 2017, o Operário Ferroviário fez 5 a 0 sobre o Globo FC, em Ceará-Mirim. Os potiguares até venceram a volta, mas só por 1 a 0. O cenário se repetiu no ano passado, com outro vice nordestino após vitórias do Mirassol sobre o Floresta por 1 a 0 no Ceará e em São Paulo.

Assim, caso conquiste o título, o Campinense terá um feito inédito na Série D. Para isso, o time precisa de uma vitória por 2 gols de diferença ou uma vitória simples, com triunfo também nos pênaltis. A decisão acontece a partir das 16h deste sábado, em Aparecida de Goiânia.

Trending