conecte-se conosco
Magno Ribeiro, Náutico (Juazeirense) Magno Ribeiro, Náutico (Juazeirense)

BANáuticoPEÚltimas

Juazeirense contrata Magno, que deixa o Náutico; ex-Salgueiro também chega

Tiago Caldas/CNC

Publicados

em

O atacante Magno, que estava no Náutico desde dezembro de 2020, é o novo reforço da Juazeirense. O jogador de 28 anos sofreu uma grave lesão logo na sua chegada e não chegou a estrear no clube, com o qual rescinde para ir ao futebol baiano.

Cria do Paraupebas-PA, Magno Ribeiro passou por Ariquemes-RO, Londrina, Clube do Remo, Independente Tucuruí-PA, Grêmio Anápolis-GO, Paysandu, Leixões (Portugal) e Cascavel-PR. No clube paranaense, ele teve boa passagem e fez sua partida mais recente, disputada em novembro de 2020, pela Série D daquele ano.

O jogador foi contratado pelo Náutico pouco depois daquilo, com a expectativa de ajudar o clube na briga contra o rebaixamento na Série B, mas Hélio dos Anjos sequer teve a possibilidade de escalá-lo, uma vez que Magno sofreu uma grave lesão logo em seu segundo trabalho de campo. Depois, em abril do ano passado, o jogador sofreu um novo problema, precisando passar por nova cirurgia.

Neste ano, ele ainda chegou a ser convocado em duas partidas, aparecendo no banco de reservas nos jogos contra Fortaleza e Vera Cruz, mas não chegou a entrar em campo. Assim, ele rescinde com o Náutico e assina contrato em definitivo com a Juazeirense, clube no qual já foi anunciado como novo reforço. A rescisão foi confirmada ao NE45 pelo diretor alvirrubro Roberto Selva.

Dadinha na Juazeirense

Além de Magno, a Juazeirense contratou outro nome conhecido do futebol de Pernambuco, o lateral Dadinha, campeão estadual em 2020 pelo Salgueiro. Cria do Pesqueira-PE, o ala direito passou porPicos-PI, Belo Jardim-PE, Ypiranga-PE, Flamengo-PE, Salgueiro, Decisão-PE, Maracanã-CE e Ferroviário de Bezerros-PE. Seu último clube foi o Audax Rio, onde fez um jogo nesta temporada.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending