conecte-se conosco
Mailson Mailson

ALCopa do NordesteCSAPESportÚltimas

Mailson brilha e garante classificação do Sport sobre o CSA no Nordestão

Foto: Divulgação/Sport

Publicados

em

Se há como resumir a classificação do Sport às semifinais da Copa do Nordeste em uma só palavra, ela seria o nome do goleiro Mailson. Dono da camisa 1 leonina, o arqueiro teve uma apresentação de gala nos pênaltis, pegando três penalidades batidas pelo CSA e garantiu o triunfo leonino após o empate em 0 a 0, no Rei Pelé, em jogo marcado pelo campo pesado e muita chuva.

Com o resultado, o Sport aguarda o resultado do embate entre Ceará e CRB, na próxima quinta-feira, às 19h, na Arena Castelão.

O jogo

Mesmo com o campo do Rei Pelé bastante castigado, por conta das fortes chuvas que caíram em Maceió nesta terça-feira, CSA e Sport se mostraram propensos ao ataque nos 10 primeiros minutos. Logo no início da partida, cada uma das duas equipes teve uma boa chance, que exigiu interferências dos goleiros Marcelo Carné e Mailson.

Aos 10 minutos, o Sport precisou modificar sua forma de jogar. Após dividida em bola aérea, Sander subiu e na aterrisagem, o jogador acabou tendo um forte choque com as costas no chão. O lateral tentou voltar, mas precisou ser substituído pelo zagueiro Chico.

A partir da segunda metade da primeira etapa, o jogo perdeu em emoção. Com o campo encharcado, as equipes abusavam das ligações diretas para tentar criar chances de perigo. Parecendo mais adaptado às condições do campo, o Leão conseguiu chegar com mais efetividade em chutes de longa distância e faltas cobradas para a área do goleiro Marcelo Carné.

Segundo tempo

Para a etapa final, o Sport precisou fazer mais uma mudança forçada. Após dividida de cabeça na última jogada do primeiro tempo, o lateral Ewerthon não teve condições de voltar e foi substituído por Ezequiel. Já o CSA, voltou com a mesma equipe, mas com a postura diferente. Mais agressivo, o Marujo passou a tomar o controle das ações logo no primeiro minuto de partida.

Porém, a partir dos 10 minutos, o Sport conseguiu equilibrar a partida e criar chances com a dobradinha Ezequiel e Jaderson, que cresceu bastante de desempenho. Contudo, o ritmo do jogo voltou a esfriar conforme a chuva voltou a cair forte no Rei Pelé.

Buscando tornar a equipe mais ofensiva para evitar as cobranças de pênaltis, o técnico Mozart sacou o meia Yann Rolim e o atacante Felipe Augusto para acionar os atacantes Osvaldo e Bruno Mota. Porém, as mudanças não surtiram o devido efeito. Na contramão, o Sport também não conseguiu explorar espaços cedidos pela formação mais ofensiva do Marujo e, assim, a partida se encaminhou para os pênaltis.

Os pênaltis

Após o empate em 0 a 0 nos tempos normais, o Sport se sobressaiu nos pênaltis graças ao brilho de Mailson. O arqueiro rubro-negro defendeu as penalidades de Wellington, Gabriel e Rodrigo Rodrigues e deu a classificação às semifinais ao Leão, que teve sua cobranças convertidas com Ronaldo, Ray Vanegas e Blas Cáceres.

Ficha do jogo

CSA 0 (1)
Marcelo Carné; Igor, Wellington Nascimento, Werley e Ernandes; Geovane, Gabriel e Yann Rolim (Bruno Mota); Marco Túlio (Lucas Barcelos), Felipe Augusto (Osvaldo) e Rodrigo Rodrigues. Técnico: Mozart.

Sport 0 (3)
Mailson; Ewerthon (Ezequiel), Rafael Thyere, Sabino e Sander (Chico); William Oliveira (Ronaldo), Bruno Matias e Denner (Blas Cáceres); Luciano Juba, Jaderson (Ray Vanegas) e Javier Parraguez. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Árbitro: Antônio Dib de Moraes (PI)
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga e Márcio Iglésias Araújo Silva (ambos do PI)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Pênaltis: Osvaldo (CSA); Ronaldo, Ray Vanegas, Blas Cáceres (Sport)
Cartões amarelos: Wellington (CSA); Jaderson (Sport)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending