conecte-se conosco
Javier Parraguez Javier Parraguez

ALCopa do NordesteCRBPESportÚltimas

Búfalo marca dois, Sport bate o CRB na Arena e volta à final do Nordestão após cinco anos

Foto: Anderson Stevens/Sport

Publicados

em

Em um jogo de tempos distintos, o Sport fez valer o apoio da sua torcida e garantiu a vaga na final da Copa do Nordeste contra o Fortaleza. Após abrir dois gols de vantagem, com dois de Búfalo na primeira etapa, o Leão sofreu com o ímpeto do CRB no segundo tempo e, no seu pior momento em campo, após sofrer um gol marcado por Anselmo Ramon, contou com Luciano Juba para marcar o terceiro e carimbar o passaporte para a decisão do regional.

Assim, o Leão enfrentará o Tricolor do Pici em dois jogos para decidir quem será o campeão nordestino em 2022. O confronto de ida ocorrerá com mando do Sport, na próxima quinta-feira, e o jogo da volta acontece na capital cearense, no domingo.

O jogo

Com o apoio em massa da sua torcida no estádio pela primeira vez no ano, o Sport entrou em campo pensando em decidir a semifinal o mais rápido possível. Assim, o que se viu nos primeiros minutos na Arena de Pernambuco foi um time rubro-negro marcando forte e ocupando o campo de defesa do CRB com bastante intensidade.

A blitz deu resultado logo aos 15 minutos. Depois de circular no campo de ataque, a bola chegou para o zagueiro Rafael Thyere, que levantou a bola na área para Búfalo. O centroavante se antecipou ao lateral Reginaldo e testou firme para abrir o placar e colocar o Leão em vantagem.

Mesmo à frente, o Sport não diminuiu o ritmo e logo chegou ao segundo. Após receber pela esquerda, Luciano Juba fez passe por elevação para o camisa 9 rubro-negro. Parraguez dominou e apenas bateu na saída de Diogo Silva para ampliar o placar.

Com dois gols de vantagem, o Sport começou a cadenciar mais o jogo, especialmente após a entrada de Blas Cáceres, que foi acionado na vaga de Denner, que saiu lesionado. Assim, sem ser tão sufocado pelo Leão quanto nos primeiros minutos, o CRB passou a tocar um pouco mais a bola, mas sem conseguir gerar perigo efetivo a meta defendida por Mailson.

Segunda etapa

Perdendo por dois gols, o técnico Marcelo Cabo realizou três alterações para colocar o CRB mais no campo de ataque. Assim, na volta do intervalo o time alagoano retornou com o volante Maicon, o meia Diego Torres e o atacante Emerson Negueba nas vagas de Marthã, Rafael Longuine e Richard.

As mudanças geraram o efeito esperado e o CRB passou a pressionar o Sport no campo de defesa leonino. Mais retraído, o Leão não sofria perigo, mas não conseguia conectar os passes para sair em transição para o campo ofensivo.

Apenas aos 25 minutos que o Leão conseguiu chegar pela primeira vez ao campo de ataque, quando Bruno Matias encontrou Ewerthon na área, mas o lateral não consegue desviar para o gol. Cinco minutos depois, o CRB descontou com Anselmo Ramon, mas o gol foi anulado pelo assistente. Contudo, com a intervenção do VAR, o Galo da Pajuçara tirou o zero do seu placar.

Porém, os alagoanos pouco tempo tiveram para comemorar. Aos 37, o ponta Luciano Juba, um dos destaques do Sport na temporada, recebeu bola no meio-campo, limpou a marcação e acertou um chutaço de longa distância para tranquilizar a torcida do Sport na Arena e carimbar o passaporte para a final da Copa do Nordeste após cinco anos.

Ficha do jogo

Sport
Mailson; Ewerthon (Ray Vanegas), Rafael Thyere, Sabino (Chico) e Sander; William Oliveira (Ronaldo), Bruno Matias e Denner (Blas Cáceres); Jaderson (Ezequiel), Luciano Juba e Búfalo Parraguez. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

CRB
Diogo Silva; Reginaldo, Gum (David), Gilvan e Guilherme Romão; Marthã (Maicon), Yago e Rafael Longuine (Diego Torres); Richard (Emerson Negueba), Marcinho (Vico) e Anselmo Ramon. Técnico: Marcelo Cabo.

Local: Arena de Pernambuco
Árbitro: Zandick Gondim Alves Júnior (RN)
Assistentes: Vinícius Melo de Lima e Luís Carlos de França Costa (ambos do RN)
Árbitro de vídeo: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Gols: Búfalo Parraguez aos 15 e aos 21/1ºT, Luciano Juba aos 37/2ºT (Sport); Anselmo Ramon aos 28/2ºT (CRB)
Cartões amarelos: William Oliveira (Sport); Marthã, Vico (CRB)
Cartões vermelhos: Marcelo Cabo (CRB)

Trending