conecte-se conosco
Técnico Roberto Fernandes, treinador do Náutico Técnico Roberto Fernandes, treinador do Náutico

NáuticoPESérie BÚltimas

Náutico oficializa retorno de Roberto Fernandes

Léo Lemos/CNC

Publicados

em

O Náutico tem um – nem tão novo assim – treinador. Neste domingo, o Timbu oficializou o retorno de Roberto Fernandes, que chega para a sua quinta passagem nos Aflitos.

Torcedor alvirrubro declarado, Roberto Fernandes tem 50 anos e acumula passagens por 32 clubes. Entre eles, Bob passou por Londrina, Guaratinguetá, Ceará, Vila Nova, Santo André, Ituano, Brasiliense, Athletico-PR, Figueirense, Fortaleza, Atlético-GO, Paysandu, América-RN, ABC, Clube do Remo, Confiança, Paraná Clube, Santa Cruz e CRB.

O treinador chega ao Timbu com a missão de recolocar o time na rota nesta Série B, iniciada já com duas derrotas. Lanterna do campeonato, o Alvirrubro vai para o seu terceiro treinador no ano, após passar pelos comandos de Hélio dos Anjos e Felipe Conceição.

A reestreia de Roberto Fernandes será nesta quinta-feira, feriado de Tiradentes, às 16h30, quando o Timbu recebe o Retrô no jogo de ida da final do Campeonato Pernambucano.

Ao site oficial do clube, ele comentou sobre a felicidade de voltar à Rosa e Silva. “Comandar o Náutico pela 5ª vez, um clube com essa tradição e camisa, é motivo de orgulho pra todo mundo. Encaro o meu retorno com muita expectativa do torcedor e muita responsabilidade da minha parte. Temos um elenco qualificado e capaz de alcançar os objetivos.

Roberto Fernandes no Náutico

A negociação avançada entre Roberto Fernandes e a direção do Náutico já tinha sido antecipada pelo NE45. O treinador não era o primeiro nome na lista do clube, que buscou, por exemplo, Alberto Valentim, recém-saído do Athletico Paranaense.

Sem acerto, o Timbu acabou encontrando saída em um velho conhecido. Roberto já trabalhou no clube em 2007, 2008-09, 2010-11 e 2017-18. Ao todo, ele comandou o clube em 155 jogos, sendo o 3º mais longevo no clube, atrás apenas de Duque e Palmeira.

Na sua última passagem, ele foi campeão do Pernambucano pelo clube, em 2018, quebrando um jejum de 14 anos sem título. Agora, ele chega com o time já na final do Estadual, podendo ser o técnico que vai confirmar o primeiro bicampeonato do Timbu em 20 anos.

O último trabalho de Roberto Fernandes foi no ano passado, quando ele foi contratado pelo Santa Cruz para tentar escapar do rebaixamento à Serie D, mas não evitou a queda iminente. Antes, ele vinha de boa passagem no CRB, onde foi vice-campeão do Alagoano.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados