conecte-se conosco
Felipe Ximenes e presidente Omar Coelho, do CSA Felipe Ximenes e presidente Omar Coelho, do CSA

ALCSASérie BÚltimas

Felipe Ximenes é apresentado no CSA e fala com cautela sobre reforços

Foto: Morgana Oliveira/CSA

Publicados

em

Novo executivo do Azulão avaliou janela de transferências e quer passar segurança à equipe na disputa da Série B

Após rápida negociação, o CSA acertou a contratação do executivo de futebol Felipe Ximenes. Ele foi apresentado nesta terça-feira (17) no CT Nelson Peixoto Feijó, com a presença do presidente Omar Coêlho.

Felipe Ximenes chegou ao Azulão para substituir Ítalo Rodrigues, que deixou o cargo após quase um ano no comando do futebol do Marujo. O novo dirigente falou sobre a missão no CSA e foi perguntado sobre contratações.

Isso porque o CSA vem em mau momento na Série B. O clube ocupa a 18ª colocação do campeonato, com sete pontos. Muito abaixo das expectativas de brigar na parte de cima da tabela.

Contratações no CSA

O novo executivo foi cauteloso ao falar sobre reforços no CSA. Ele falou que o novo momento do futebol brasileiro, que se utiliza agora de uma janela de transferências, muda a dinâmica. Por isso é preciso que o clube entenda esse período para que possa ser assertivo quando a janela abrir.

“Com relação a janela, é o primeiro campeonato que a gente tá disputando com essa situação nas competições nacionais. Na Série B, especificamente, é muito importante essa situação. É um aprendizado que todos vão passar, o CSA está passando por esse aprendizado pelas escolhas que fez até o fechamento da janela”, disse.

“Vamos precisar absorver isso até que a janela abra novamente. Acho que com o passar do tempo os clubes vão estar se acostumando mais a essas situações e vão se adaptar melhor”, acrescentou Ximenes.

O clube azulino tem seu orçamento um pouco mais limitado e, para isso, é preciso fazer algumas mexidas no elenco. Por isso é preciso ter cautela. Assim, o executivo visa passar segurança ao grupo e comissão técnica para que o rendimento melhore e o resultados cheguem.

“Antes de mais nada, não dá para pensar em pacote de reforços antes de uma janela, pois precisamos respeitá-la. A gente não pode contratar jogadores, até porque não temos folga no orçamento, eu senti isso nas minhas negociações”, ponderou o dirigente.

“Precisamos respeitar essa janela e, antes de mais nada, dar tranquilidade e segurança para as pessoas que estão aqui, desde o líder, o Mozart e sua comissão técnica, e também aos atletas que tem contrato com o CSA e que tenho certeza eu podem render mais do estão rendendo e trazer melhores resultados”, concluiu.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending