conecte-se conosco
Marco Túlo, do CSA, contra o Vasco Marco Túlo, do CSA, contra o Vasco

ALCSASérie BÚltimas

CSA vê ‘difícil missão’ contra Novorizontino e mira evolução na tabela da Série B

Foto: Morgana Oliveira/CSA

Publicados

em

Azulão tenta deixar Z4 e encara adversário que está invicto há quatro jogos e briga na parte de cima da tabela

O CSA quer deixar a incômoda 18ª colocação da Série B. Posto que ocupa atualmente com apenas oito pontos. Apesar da proximidade em pontos entre as equipes, quanto antes o Azulão emendar uma sequência de vitórias, melhor para pretensões do Marujo.

Para isso, será preciso vencer o Novorizontino-SP neste sábado (28), às 16h30, no estádio Rei Pelé. Jogo que é encarado como uma “difícil missão” pelos alagoanos. Isso porque o adversário vive bom momento na Segundona. Ocupa o quinto lugar, com 13 pontos, e está invicto há quatro jogos.

>> Blog de Cassio Zirpoli: Leia mais análises, estatísticas e curiosidades sobre o futebol nordestino

Por isso o CSA não espera facilidade dentro de casa. O atacante Marco Túlio destacou a expectativa da equipe para o duelo e cobrou atenção até o fim para conquistar a vitória. Isso porque os três pontos escaparam na rodada passada, ao sofrer o empate contra o Náutico na reta final do jogo. Por isso é evitar esse tipo de situação no confronto de sábado.

Teremos uma difícil missão diante do Novorizontino e sabemos disso. Eles vêm em uma sequência boa e estão fazendo uma grande competição. Vamos ter um grande adversário pela frente e temos que ter atenção para vencermos bem e fazer uma grande apresentação em casa”, destacou o atacante.

Para o CSA escalar na tabela da Série B 

O CSA vem de três jogos sem vencer na Segunda Divisão. São dois empates e uma derrota. Apesar disso, a tabela vem bastante apertada. Por exemplo, a distância do Marujo (18º) até a Chapecoense, atual nona colocada, é de apenas três pontos.

Há um equilíbrio muito grande neste começo da competição, com muitos empates e poucas equipes desgarraram do pelotão. Por isso o CSA mantém a confiança de que é possível emendar uma boa sequência de jogos para se postular na parte de cima e brigar pelo G4, por consequência.

“A gente vai pensar passo a passo, jogo a jogo. O primeiro passo é começar a melhorar a posição na tabela de classificação da competição. Temos totais condições disso. O grupo está motivado para essa sequência”, concluiu.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending