conecte-se conosco
Contra o Juventude, Fortaleza ficou no empate pelo Brasileirão Contra o Juventude, Fortaleza ficou no empate pelo Brasileirão

CEFortalezaSérie AÚltimas

Largada do Fortaleza é a 2ª pior da história dos pontos corridos no Brasileirão

Fernando Alves/EC Juventude

Publicados

em

O Fortaleza não vive um bom começo de Campeonato Brasileiro. Depois de oito partidas, o Leão do Pici soma apenas dois pontos ganhos na competição. Isso já é o suficiente para dizer que a largada tricolor é a segunda pior da história dos pontos corridos.

Os números não jogam a favor do Fortaleza até agora. Na atual campanha, o time ficou no 1×1 contra São Paulo e Juventude. Além disso, o time de Juan Pablo Vojvoda já perdeu para Cuiabá, Fluminense e Ceará em casa e Internacional, Corinthians e Botafogo fora.

A campanha do Fortaleza no histórico

Hoje, já é possível dizer que esse início de campanha do Fortaleza vai passar algum tempo sendo lembrado como algo negativo. A última vez que uma equipe tinha tido um início tão ruim foi ainda em 2012. Ali, Atlético-GO também parou nos dois pontos.

Naquela temporada, o time de Goiânia seria rebaixado. Esse foi o mesmo destino final do Athletico-PR no ano anterior. Em 2011, o Furacão fez o que segue sendo a pior largada da história do Brasileirão de pontos corridos: apenas um ponto nas oito rodadas iniciais.

Ainda há uma outra campanha que chegou à 8ª rodada com dois pontos. Foi a do Athletico em 2005. Mas isso quando a Série A ainda tinha 22 times. Assim, o campeonato tinha 42 rodadas e mais tempo para buscar a recuperação.

Ainda assim, o mérito rubro-negro foi grande. O time terminou na 6ª posição e garantiu uma vaga a Copa Sul-Americana.

Athletico de 2011 teve pior largada da história - Foto: Divulgação
Athletico de 2011 teve pior largada da história – Foto: Divulgação

Mas…

Se o exemplo de 2005 pode ser muito positivo, outros pesam contra o Fortaleza. Se listarmos as piores campanhas da história do Brasileirão de pontos corridos, todas tiveram um início melhor que a do Leão.

As três piores, Chapecoense (2021), América-RN (2007) e Náutico (2013), chegaram com quatro pontos. Paraná (2018) e Santa Cruz (2006) tinham três. E as outras campanhas até 28 pontos começaram ainda melhor. Em 2016, o América-MG, tinha cinco, e o Santa, oito.

E fizemos o recorte das campanhas nordestinas, a do Fortaleza também já é a pior da história. Antes, os piores inícios eram de Santa Cruz (2006) e Ceará (2018), com três pontos. Olhando pelo lado positivo, essa campanha alvinegra também conseguiu escapar da queda.

Mas, juntos todos os inícios com até três pontos na 8ª rodada desde que o campeonato tem 20 clubes, em 2006, foram nove campanhas antes do Fortaleza. E só duas conseguiram escapar. Essa do Vozão e a do Fluminense de 2008.

As piores largadas dos pontos corridos (8ª rodada)

3 pontos

  • 2018 – Ceará (terminou em 15º)
  • 2018 – Paraná Clube (rebaixado em 20º – 4ª pior campanha da história)
  • 2015 – Vasco da Gama (rebaixado em 18º)
  • 2013 – Portuguesa (rebaixada em 17º)
  • 2011 – Avaí (rebaixado em 20º)
  • 2008 – Fluminense (terminou em 14º e foi à Sul-Americana)
  • 2006 – Santa Cruz (rebaixado em 20º – 6ª pior campanha da história)
  • 2004 – Paysandu (terminou em 14º de 24 e escapou da queda)

2 pontos

  • 2022 – Fortaleza
  • 2012 – Atlético-GO (rebaixado em 19º)
  • 2005 – Athletico-PR (terminou em 6º de 22 e foi à Sul-Americana)

1 ponto

  • 2011 – Athletico-PR (rebaixado em 17º)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados