conecte-se conosco
Moisés e Lucas Lima - Fortaleza Moisés e Lucas Lima - Fortaleza

CEFortalezaSérie AÚltimas

Fortaleza vacila na defesa e perde na Ressacada, por 3 a 2, para o Avaí

Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza

Publicados

em

Com a derrota, Fortaleza viu ser encerrada a sequência de três jogos sem perder pela Série A

Não foi uma boa noite da defesa do Fortaleza. Sem o ala Yago Pikachu, o Leão do Pici sofreu bastante com as investidas do Avaí pela direita e, especialmente, com as falhas dos jogadores acionados por este setor. Assim, saiu perdendo por 2 a 0, buscou o empate, mas viu Bissoli marcar de pênalti pela segunda vez e decretar a vitória catarinense por 3 a 2.

Como fica?

Com o resultado, o Fortaleza segue na lanterna da Série A. Agora, o Tricolor de Aço tem 12 jogos na competição e apenas 7 pontos conquistados. A diferença para o Goiás, primeiro time fora da zona de rebaixamento, é de sete pontos e duas vitórias.

Agenda do Fortaleza

O Leão do Pici volta a campo para a 13ª rodada do Campeonato Brasileiro no próximo domingo. Na Arena Castelão, o Tricolor de Aço receberá o América-MG, às 19h, para tentar buscar a sua segunda vitória no certame – a primeira em casa na temporada.

Avaí x Fortaleza

1º Tempo – Fortaleza vacila e Avaí sai na frente

Os minutos iniciais do duelo de Leões na Série A começou muito estudado e com poucas chances de ambas as partes. Enquanto o Avaí pressionava a saída de bola e esbarrava nos erros de passe, o Fortaleza tentava chegar ao ataque puxando contra-ataques em velocidade, mas também sem sucesso.

Apesar de ter sido a equipe com a menor posse de bola no começo do jogo, a primeira grande chance da partida foi do Tricolor de Aço. Aos 13 minutos, Robson acertou um chutaço em cobrança de falta, que exigiu grande defesa de Vladimir.

A partir da segunda metade do primeiro tempo, a ausência do lateral Yago Pikachu começou a se tornar muito latente no desempenho de campo do Leão do Pici. Pressionados no campo de defesa, os cearenses passaram a não se encontrar mais no posicionamento da marcação, especialmente pela direita, o que tornou possível o crescimento do Avaí na partida.

Assim, em sete minutos, a defesa do Fortaleza falhou duas vezes e proporcionou ao Leão da Ilha abrir 2 a 0 no placar. Em saída de bola errada, a bola foi interceptada por Jean Cléber, que lançou para William Pottker escorar na área para Muriqui chegar batendo para o fundo das redes de Marcelo Boeck.

Três minutos depois, em subida pela direita da defesa do Fortaleza, Matheus Jussa derrubou William Pottker na área e o árbitro Rafael Claus marcou o pênalti. O VAR interveio e chamou o juiz, que manteve a decisão de campo. Assim, após 4 minutos de paralisação, Bissoli bateu para marcar o segundo.

No apagar das luzes, o Fortaleza ainda conseguiu descontar com o seu jogador mais perigoso na primeira etapa. Após cobrança de escanteio de Lucas Lima, Robson subiu mais que a zaga do Avaí e cabeceou no ângulo de Vladimir para diminuir o placar.

Fortaleza: Robson tenta arremate ao gol do Avaí
Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza

2º Tempo – Nova escorregada define derrota

Insatisfeito com o desempenho do time na primeira etapa, Vojvoda acionou Lucas Crispim e Ceballos já na volta do intervalo para tentar melhorar o que se viu do lado direito da defesa. Contudo, mesmo com as mudanças, quem continuava comandando as ações da partida era o Avaí, que tinha mais posse de bola e ocupava o campo defesa do Fortaleza.

Apesar de estar sendo dominado pelo time da casa foi o Leão do Pici quem chegou primeiro ao gol. Na primeira jogada efetiva no campo de ataque, Robson recebeu bola pela direita e tocou para Moisés na entrada da área. O camisa 21 driblou o defensor do Avaí e bateu rasteiro para superar Vladimir e empatar o jogo.

Porém, menos de dois minutos depois, a defesa do Fortaleza voltou a falhar para dar ao Avaí a vantagem no placar. Após nova saída de bola errada, Bissoli sai cara a cara com Marcelo Boeck, que comete o pênalti e recebe o amarelo. Na cobrança, o atacante superou o goleiro e marcou pela segunda vez na partida.

Na reta final da partida, o técnico do Avaí, Eduardo Barroca, fechou mais a equipe ao acionar Rafael Vaz, praticando uma linha com três zagueiros. Vojvoda, por sua vez, acionou Romero e Igor Torres nas vagas de Lucas Lima e Moisés para tornar o time mais ofensivo e buscar o empate, mas sem sucesso. Assim, caiu a invencibilidade de três jogos que tinha o Leão do Pici.

Ficha do jogo

Avaí 3
Vladimir; Kevin, Bressan, Arthur Chaves e Cortez; Lucas Ventura (Vinícius Leite), Jean Cléber e Matheus Galdezani (Rafael Vaz); William Pottker (Copete), Muriqui (Renato) e Bissoli (Morato). Técnico: Eduardo Barroca.

Fortaleza 2
Marcelo Boeck; Landázuri (Ceballos), Marcelo Benevenuto e Titi; Matheus Jussa (Lucas Crispim), Zé Welison, Hércules (Ronald), Lucas Lima (Romero) e Juninho Capixaba; Moisés (Igor Torres) e Robson. Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP) e Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (FIFA-RJ)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Gols: Muriqui aos 32 e Bissoli aos 40/1ºT (Avaí); Robson aos 44/1º T (Fortaleza); Moisés aos 19/2ºT (Fortaleza); Bissoli aos 23/2ºT (Avaí)
Cartões amarelos: Renato (Avaí); Zé Welison, Robson, Marcelo Boeck (Fortaleza)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados