conecte-se conosco
Retrô_x_Sport_Final Pernambucano 2023_Arena de Pernambuco Retrô_x_Sport_Final Pernambucano 2023_Arena de Pernambuco

PEPernambucanoSportÚltimas

Sport marca no fim, bate o Retrô e larga em vantagem na final do Pernambucano

Foto: Rafael Vieira/FPF

Publicados

em

Com emoção, o Sport venceu o Retrô por 2 x 1 neste sábado (15), na Arena de Pernambuco, pela primeira partida da final do Campeonato Pernambucano. O placar apontava 1 x 1 até os 50 do segundo tempo, quando Vágner Love apareceu para decidir e fazer o gol da vitória rubro-negra. Fabinho havia marcado o primeiro tento do Leão, enquanto Jonas descontou para a Fênix.

Com o resultado, o Sport larga em vantagem na decisão e pode até empatar na Ilha do Retiro para ser campeão pernambucano. O Retrô, por sua vez, tem que vencer por ao menos um gol de diferença para forçar penalidades. A volta está marcada para o dia 22 de abril, às 16h30.

Antes disso, contudo, o Sport concentra forças em outra final. Isso porque o Rubro-negro entra em campo na quarta-feira (19), contra o Ceará, na Arena Castelão, às 21h30, pela primeira partida da decisão do Nordestão.

O jogo entre Retrô e Sport

A partida começou bem movimentada, com ambos os times buscando o gol. Mas foi o Sport que conseguiu criar as melhores oportunidades. Aos sete, Jorginho recebeu na área, driblou o goleiro Jean e finalizou, mas o zagueiro Guilherme Paraíba salvou em cima da linha.

Na sequência, a equipe leonina continuou criando boas chances em bola levantada na área, inclusive acertando até o travessão. O Rubro-negro, aliás, chegou a abrir o placar aos 16 da etapa inicial, mas o árbitro marcou impedimento de Vágner Love no momento em que ele recebe a bola para finalizar.

Minutos depois, o árbitro foi até o VAR checar um possível pênalti para o Sport. No entanto, após revisão, o juiz assinalou falta do zagueiro Sabino, e não o contrário. Assim, não marcou a penalidade.

Superior na partida, o Sport seguiu tendo o controle e com maior volume. Até que chegou ao gol. Aos 40, Jorginho fez boa jogada pela direita e cruzou para Vágner Love, que cabeceou para a defesa do goleiro Jean. No rebote, a bola sobrou para Fabinho, que não perdoou e abriu o placar.

Retrô_x_Sport_Final Pernambucano 2023_Arena de Pernambuco
Foto: Rafael Vieira/FPF

O Retrô, porém, mesmo sem criar chances reais de gol fazia aparições no campo ofensivo. E em um dessas, a Fênix empatou o jogo. Jonas dominou, limpou a marcação e chutou de fora da área, empatando o confronto. Goleiro do Sport, Renan foi mal no lance e só pulou com a bola já dentro do gol.

Retrô_x_Sport_Final Pernambucano 2023_Arena de Pernambuco
Foto: Rafael Vieira/FPF

Na sequência, o Retrô quase teve a chance de virar. Isso porque o árbitro foi até o VAR para olhar se marcaria falta ou não do volante em Fabinho dentro da área. Após revisão, o juiz não assinalou a penalidade. Assim, o primeiro tempo terminou 1 x 1.

A etapa final começou movimentada, com ambos os times buscando o gol. O Sport, inclusive, teve uma boa oportunidade com Jorginho, mas o meia mandou por cima do gol logo no início do segundo tempo.

O Retrô em cobrança de falta de Radsley. Ele bateu e o goleiro Renan mandou para escanteio, afastando o perigo.

O Rubro-negro voltou a chegar forte após erro na saída de bola do Retrô. Luciano Juba acionou Jorginho, que mandou para fora. A Fênix, porém, quase tem uma chance deste mesmo jeito. Renan demorou a tocar e errou o passe, a bola bateu em Giva e se perdeu para o lado. Quase o atacante do Retrô dominava.

A partida deu uma esfriada com o encaixe da marcação do Retrô. O Sport tinha a bola, mas esbarrava não conseguia criar tantas chances reais.

Na reta final, porém, o jogo ficou mais aberto. O Retrô teve alguns contra-ataques, mas pecava na hora do último passe. o Sport, por sua vez, chegou com perigo e, jogadas pelo lado direito. Na primeira, Labandeira cruzou, o goleiro Jean espalmou e Juba não conseguiu completar.

Na sequência, após cruzamento rasteiro, Vágner Love conseguiu roubar a bola e ficou cara a cara com Jean, que defendeu. No rebote, Jorginho mandou para fora.

Quando o placar parecia que terminaria empatado…. O artilheiro do amor apareceu. Após boa tabela entre Luciano Juba e Felipinho, que finalizou com desvio na zaga, a bola sobrou para Vágner Love, que de primeira estufou as redes e fez o segundo do Rubro-negro no jogo. Em vantagem, coube ao Leão segurar e vencer a partida.

FICHA DO JOGO

RETRÔ 1
Jean; Israel, Guilherme Paraíba, Renan Dutra (Yuri) e Edson; Jonas (Alencar), Ratinho e Radsley (Albano); Gustavo Ermel (Luisinho), Fernandinho e Giva (Matheus Serafim) . Técnico: Dico Woolley

SPORT 2
Renan; Eduardo (Ewerthon), Rafael Thyere, Sabino e Igor Cariús (Felipinho); Fabinho, Ronaldo (Pedro Martins) e Jorginho (Matheus Vargas); Edinho (Labandeira), Luciano Juba e Vágner Love. Técnico: Enderson Moreira

Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço-PE
Árbitro: 
Diego Fernando
Assistentes: Ricardo Chianca e Bruno Vieira
VAR: Tiago Nascimento
Gols: Jonas (47’1ºT) (RET); Fabinho (40’1ºT) Vágner Love (50’2ºT) (SPT)
Cartões amarelos: Giva (RET)
Público: 7.090
Renda: R$ 251.690,00

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados