conecte-se conosco
Jogadores de Confiança e Amazonas disputam bola pelo alto na Série C Jogadores de Confiança e Amazonas disputam bola pelo alto na Série C

ConfiançaSESérie CÚltimas

Confiança leva vermelho no 1º lance, sofre 3 gols, esboça reação, mas perde para o Amazonas no Batistão

Neto Ferreira/ADC

Publicados

em

Fábio fez falta dura e foi expulso antes dos 15 segundos de jogo

Um jogo de cinco gols, três vermelhos, dois pênaltis e muita emoção no Batistão teve início tenso e final triste para o Confiança na Série C. O Dragão teve Fábio expulso antes do 15 segundos, viu Sassá abrir 3 x 0 para o Amazonas e até reagiu, mas parou na derrota por 3 x 2.

Ao longo do 1º tempo, o Proletário foi presa fácil após a perda relâmpago no jogo. O time ainda teve duas expulsões na comissão técnica. Mas quando o 3 x 0 parecia definido, Bruno Camilo e Diego Cardoso descontaram em apenas quatro minutos. Mas a reação ficou por aí.

Adryan, do Confiança, e Thiago Spice, do Amazonas, disputam bola no Batistão
Neto Ferreira/ADC

Como fica?

Com a vitória, o Amazonas chegou aos 11 pontos e assumiu a 3ª colocação da Série C. O Confiança, que chegou a três derrotas seguidas, é o 6º, com 9 pontos. O time tem a mesma pontuação do São José, 1º time fora do G-8.

Agora, o Confiança joga na quarta-feira (7), visitando o Pouso Alegre, que vem de derrota em casa para o Náutico. A partida acontece às 19h. Apenas 3h antes, o Amazonas também volta a campo contra outro nordestino: o Botafogo-PB, que empatou com o Floresta neste domingo.

Confiança x Amazonas

1º tempo: Expulsão relâmpago

O 1º lance do jogo já terminou em cartão vermelho. Antes dos 15 segundos de jogo, o volante Fábio, do Confiança, acertou a a chuteira na barriga de DG e foi expulso. O vermelho gerou revolta, muitas reclamações no elenco proletário e um clima nervoso que seguiu no jogo.

Árbitro Jose Jaini Oliveira Bispo mostra cartão vermelho em jogo Confiança x Amazonas
Reprodução/Nosso Futebol

Em campo, a partida era muito faltosa e travada, com algumas chegadas duras e muitas reclamações. Até os 15 minutos, já tinham sido dois vermelhos (um na comissão azulina) e dois amarelos (um para o treinador Vinícius Eutrópio).

Quando as coisas se acalmaram e a bola começou a rolar, o Amazonas assumiu o controle do jogo e saiu na frente aos 21. Após cruzamento, Sassá cabeceou e chegou de bico no rebote para abrir. E o gol aumentou o domínio sobre um Confiança desorganizado com um a menos.

Aos 35, mais um cruzamento de Renan pela esquerda teve final feliz para o Amazonas. Gianezini tentou tirar o cruzamento, mas afastou mal e a bola sobrou para Sassá, livre, bater cruzado para o 2º. Aos 38, o Confiança até balançou as redes, mas Adalberto estava impedido.

2º tempo: Jogo controlado para o Amazonas

E a bronca seria ainda maior. Na saída para o intervalo, mais um membro da comissão técnica reclamou bastante e recebeu o cartão vermelho. O Dragão tinha um jogador a menos, perdia por dois gols e ainda tinha dois auxiliares a menos à beira do gramado do Batistão.

Do outro lado, o Amazonas tinha uma vantagem confortável no placar e em campo. Assim, o time abaixou o ritmo e deu espaço para o Confiança. Como os mandantes precisavam se expor mais, os nortistas apostavam nas jogadas rápidas, para pegar a defesa bagunçada. E deu certo.

Aos 12, Luan Santos entrou na área e foi derrubado por Adryan. Pênalti cobrado por Sassá, que acertou a bochecha da rede e chegou ao seu 3º gol na partida – o 7º em seus jogos da Série C.

Atacante Sassá cobra pênalti e marca gol do Amazonas contra Confiança na Série C
Reprodução/Nosso Futebol

Com o placar basicamente resolvido, o ritmo baixou e o jogo ficou morno. Eutrópio tirou jogadores importantes, mas uma das substituições deu resultado. Aos 24, Bruno Camilo, que entrou no lugar de Dione, cobrou falta certeira e descontou para o Dragão.

E o gol acendeu o time do Confiança, que chegou com perigo aos 26 e conseguiu um pênalti aos 28, quando Fabian Volpi saiu errado de carrinho e derrubou Diego Cardoso – outro que entrou no 2º tempo – na área. Na cobrança, o próprio Diego descontou.

Com o 3 x 2, o jogo ficou aberto e o Confiança foi em busca do empate contra um Amazonas que sentiu desde o 1º gol azul. Mas a melhor chance na reta final ainda foi nortista, com Sassá passando de calcanhar para Foguinho chegar livre e bater raspando na trave de Gianezini.

Nos minutos finais, o jogo foi indefinido, com muita pressão do Confiança sobre a defesa amazonense para buscar mais um gol – que não veio, selando o 3 x 2.

Ficha do jogo

Confiança (2)
Paulo Gianezini; Lenon (Riquelmo), Adryan, Adalberto e Felippe Borges; Fábio, Betinho (Lucas Gabriel) e Dione (Bruno Camilo); Willians Santana (Cesinha), Negueba e Tcharlles (Diogo Cardoso). Técnico: Vinícius Eutrópio.

Amazonas (3)
Fabian Volpi; Yuri Ferraz, Thiago Spice, Luis Gustavo (Alisson) e Diego Castro; PH (Robertinho), Jorge Jiménez e Rafael Tavares (Ruan); DG, Luan Santos e Sassá. Técnico: Rafael Lacerda.

Local do jogo: Batistão, em Aracaju-SE
Árbitro: Jose Jaini Oliveira Bispo (AL)
Assistentes: Wagner Jose da Silva (AL) e Maria de Fatima Mendonca da Trindade (AL)
Gol: Sassá (21’/1ºT | AMA), Sassá (35’/1ºT | AMA), Sassá (14’/2ºT AMA), Bruno Camilo (24’/1ºT | CON), Diego Cardoso (30’/ºT | CON)
Cartão vermelho: Fábio (CON)
Cartões amarelos: Vinícius Eutrópio, Felippe Borges (CON), DG, Jorge Jiménez e Fabian Volpi (AMA)

Tcharlles, do Confiança. e Thiago Spice, do Amazonas, disputam bola no Batistão
Neto Ferreira/ADC

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados