conecte-se conosco
CSE x CSA - Campeonato Alagoano 2024 CSE x CSA - Campeonato Alagoano 2024

ALAlagoanoCSAÚltimas

Em jogo com cinco gols, CSE vence o CSA pela última rodada do Alagoano; Azulão está fora das semifinais

Foto: Augusto Oliveira/CSA

Publicados

em

Pelo segundo ano consecutivo, o CSA é eliminado na fase de grupos do Alagoano

Na disputa por uma vaga na semifinal do Alagoano, CSE venceu o CSA na partida que aconteceu neste sábado (2), no Estádio Juca Sampaio. O jogo terminou em 3 x 2, com gols de Luiz Fernando, 2x Ibson, pelo Tricolor, e Tiago Marques e Alisson Farias para o Azulão. Com o resultado, o time comandado por Marcelo Cabo está fora das semifinais.

A partida foi muito movimentada pelas duas equipes e cheia de altos e baixos. Enquanto o CSA precisava vencer para conseguir a vaga, e lutou para que isso acontecesse, o CSE buscava apenas o empate para se firmar entre os quatro primeiros colocados.

Como fica?

Com o resultado, o CSA está fora, pelo segundo ano consecutivo, das semifinais do Campeonato Alagoano. Agora, a equipe se prepara para a Copa Alagoas. O próximo jogo será contra o CRB na quarta-feira (6), às 15h15h, no Rei Pelé.

Já o CSE conseguiu se classificar em terceiro lugar e vai enfrentar o ASA na semifinal. Detalhes de data e horário do jogo devem ser divulgados em breve. Na Copa Alagoas, o Tricolor vai enfrentar o Aliança na quarta (6), às 19h, no Estádio Juca Sampaio.

Sobre o jogo CSE x CSA

CSE x CSA - Campeonato Alagoano 2024
Foto: Augusto Oliveira/CSA

A partida iniciou muito movimentada e equilibrada entre as duas equipes. Dentro de casa, o CSE não esperou e tomou o ímpeto de levar perigo para o CSA. O placar foi aberto aos 4 minutos, em uma batida de falta. Luiz Fernando subiu mais que a defesa e cabeceou direto para o gol, com a bola quase encobrindo o goleiro.

Atrás do placar, o CSA decidiu buscar mais o jogo, e arriscou com Valoura e Pedro Favela. O empate não demorou para sair. Aos 15 minutos, Eduardo disputou e ganhou a bola na lateral e chutou para dentro da área. Tiago Marques estava sem marcação e cabeceou direto para o gol, sem chances para Pedro.

O Azulão continuou propondo mais o jogo e continuou arriscando como pôde, mas o goleiro Pedro, filho de Marcelo Cabo, conseguiu fazer boas defesas. Valoura foi um dos que mais conseguiu se movimentar e distribuir bem a bola. O CSE até tentou voltar no mesmo ritmo de ataque, mas a pressão era tanta que restou apenas se defender.

Apesar dos primeiros minutos do segundo tempo terem sido dominados pelo CSE, em um chute de quase gol de Ibson, o CSA não demorou para começar a se soltar novamente em campo. A combinação Pedro Favela e Valoura deu trabalho para o sistema defensivo do Tricolor. Com as mudanças, o Azulão ganhou um fôlego maior para explorar os espaços e os erros de passe do Tricolor.

A partir dos 25 minutos, o jogo ficou lento e as equipes sentiram um pouco do cansaço. Com a baixa, foi a vez do CSE brigar mais pelas jogadas. Ibson Melo tentou duas vezes, na primeira errou um gol quase feito, mas no segundo, ele foi certeiro. Aos 37 minutos, pelo lado esquerdo, Erico Junior desceu e cruzou para dentro da área para o atacante chutar direto.

Aos 41 minutos, o time do Azulão não parou de acreditar na vitória e Alisson Farias marcou o gol para empatar tudo novamente. Ele recebeu na entrada da área e deu um belo chute. Mas a alegria e esperança durou pouco. Aos 44, novamente, Erico Junior passa para Ibson na área, ele limpa e chuta para marcar um belíssimo gol. Assim, a partida terminou em 3 x 2.

Ficha do jogo

CSE (3)

Pedro; Talles (Geovânio), Diego, Murilo (Ítalo) e Claudevan; Gilmar (Mel), Índio, Trindade (Tenner) e Edinho (Érico Júnior); Luiz F. e Ibson. Técnico: Carlos Eduardo

CSA (2)

Fernando Castro; Eduardo, Wellington Carvalho, Thiago Lopes e Erik (Kevin); Marlon (Guilherme Rend), Juninho Valoura e Pedro Favela (Rafinha); Marcinho (Alisson Farias), Marquinhos (Vinícius Popó) e Tiago Marques. Técnico: Marcelo Cabo

Local: Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios (AL)
Árbitro: Rodrigo José Pereira de Lima
Assistentes: Anne Kesy Goems de Sá, Fernanda Kruger e Charly Wendy Straub Deretti.
Gols: Luiz Fernando (4’/1ºT/CSE), 2x Ibson Melo (37’/2ºT/CSE) e (44’/2ºT/CSE); Tiago Marques (15’/1ºT/CSA), Alisson Farias (41’/2ºT/CSA)
Cartões amarelos: Murilo, Talles, Diego (CSE); Pedro Favela, Marquinhos, Erik, Kevin, Índio (CSA)

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados