Connect with us
Willean Lepo, lateral do Vitória Willean Lepo, lateral do Vitória

BASérie AÚltimasVitória

Vitória perde do Red Bull Bragantino de virada e freia reação na Série A

Published

on

Leão até fez bom jogo, principalmente no primeiro tempo, mas o Massa Bruta cresceu e venceu de virada

Apesar de ter saído na frente, a reação rubro-negra na Série A foi freada. O Vitória perdeu do Red Bull Bragantino de virada, por 2 x 1, neste domingo (23). A partida aconteceu no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista-SP, e contou com gol de Jean Mota para o Leão, enquanto que Eric Ramires e Helinho viraram para os donos da casa.

Classificação da Série A

Com este resultado, o Vitória segue com nove pontos e volta à zona de rebaixamento, ocupando a 17ª posição. A pontuação é a mesma do Atlético-GO, que é o 16º, mas o Leão tem um gol a menos de saldo (-6 contra -5 do Dragão).

Próximo jogo do Vitória

O Leão da Barra volta a campo na próxima quinta-feira (27), quando enfrentará o Fluminense no Maracanã, ás 19h. A partida é válida pela 12ª rodada do Brasileirão.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Vitória sai na frente, mas perde de virada do Red Bull Bragantino

O duelo iniciou bem equilibrado no interior paulista. Enquanto o Bragantino tinha mais presença no campo de ataque, com mais posse, o Vitória também levava perigo ao verticalizar as jogadas com uma postura mais reativa.

Lucas Arcanjo foi bem acionado na primeira etapa e fez uma boa defesa aos nove, em cabeçada de Eduardo Sasha. Aos 16, o Rubro-negro abriu o placar em boa trama, onde Luiz Adriano ajeitou para Jean Mota, na entrada da área, bater no canto de Cleiton.

O Massa Bruta se lançou mais ao ataque e tentou de fora da área com Raul, num chute forte que Arcanjo espalmou para escanteio. Aos 38, Eryc Castillo recebeu nas costas da defesa e bateu na saída de Cleiton para ampliar. Contudo, a arbitragem anulou bem o gol do Leão. Aos 41, Williean Lepo tentou de cabeça e Cleiton salvou o Bragantino.

Willean Lepo, lateral do Vitória em jogo contra o Bragantino
Foto: Victor Ferreira/EC VItória

Os donos da casa seguiram com seu ímpeto ofensivo e chegaram ao empate nos acréscimos. Aos 47, Eduardo Sasha fez belo giro na área e bateu forte. Lucas Arcanjo deu rebote e Eric Ramires se antecipou para escorar e marcar o gol de empate.

No segundo tempo, o Bragantino mostrou força em busca da virada e Helinho chutou forte, cruzado, aos dois minutos, para assustar a defesa rubro-negra. Com forte presença no campo de ataque dos donos da casa, o Vitória tinha dificuldades para contra-atacar e cedia mais espaços. Aos nove, Lucas Evangelista chutou de fora da área e Lucas Arcanjo espalmou.

A primeira boa chegada do Vitória veio acontecer somente aos 17, na bola parada. Jean Mota cobrou escanteio, Wagner Leonardo desviou de cabeça e Cleiton saiu muito bem para pegar, chegando antes de Eryc Castillo, que poderia marcar.

Willean Lepo, lateral do Vitória
Foto: Victor Ferreira/EC VItória

Melhor na segunda etapa, o Massa Bruta conseguiu a virada. Lucas Evangelista fez grande jogada, carregou a bola e tocou para Helinho, dentro da área, finalizar e balançar as redes. Aos 21, Cáceres cruzou e Lucas Esteves cabeceou forte, mas Cleiton defendeu.

Na reta final, o Leão se lançou ao ataque, tentou pressionar, mas não teve forças para empatar. Com isso, vê sua reação freada no Campeonato Brasileiro e volta à zona de rebaixamento.

FICHA DO JOGO

Red Bull Bragantino 2

Cleiton; Jadsom (Nathan Mendes), Pedro Henrique, Luan Cândido e Juninho Capixaba; Raul, Eric Ramires (Henry Mosquera) e Lucas Evangelista; Helinho (Laquintana), Vitinho (Gustavinho) e Eduardo Sasha (Thiago Borbas). Técnico: Pedro Caixinha.

Vitória 1

Lucas Arcanjo; Willean Lepo, Wagner Leonardo, Reynaldo (Osvaldo) e Lucas Esteves; Rodrigo Andrade, Willian Oliveira (Raúl Cáceres) e Léo Naldi (Luan Santos); Jean Mota (Matheuzinho), Eryc Castillo e Luiz Adriano (Fábio). Técnico: Thiago Carpini.

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista-SP.
Árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS).
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e Tiago Augusto Kappes Diel (ambos RS).
Gols: Eric Ramires (47’/1ºT) e Helinho (21’/2ºT) (RBB); Jean Mota (16’/1ºT) (VIT).
Cartões amarelos: Helinho, Nathan Mendes e Henry Mosquera (RBB); Lucas Esteves e Luan Santos (VIT).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados