conecte-se conosco

NáuticoPESérie BÚltimas

Hélio valoriza empate e desempenho: “Conquistamos um ponto e respeito”

Publicados

em

O empate do Náutico por 0x0 contra o América-MG, nos Aflitos, mudou pouco a situação da equipe na Série B, que terá de aguardar o final da rodada para saber se continuar fora da zona de rebaixamento. Porém, o técnico Hélio dos Anjos valorizou o desempenho da equipe, o ponto conquistado e, sobretudo, o respeito por ter enfrentado o líder da competição de igual para igual e com oportunidades de ter vencido.

“Tivemos duas ótimas chances, criamos algumas situações e neutralizamos o América-MG. Fizemos um jogo de imposição. Tanto que Anderson nem pegou na bola. Poderíamos ter saído com um resultado melhor, mas acredito que conquistamos um ponto e, acima de tudo, o respeito. Nosso time, hoje, é respeitado e isso favorece no momento de decisão. Não tenho o que reclamar do meu ataque e da minha defesa. Enfrentamos um time de grande qualidade. Lamento apenas o último lance em que poderíamos ter marcado”, analisou o comandante alvirrubro.

Após o empate e satisfeito com o desempenho do Timbu, Hélio dos Anjos já começou a planejar a partida contra Ponte Preta, no domingo, às 16h, no Moisés Lucarelli. O duelo pode encaminhar a permanência da equipe na Série B e, por isso, o treinador promete uma postura para buscar o resultado positivo.

“Vamos trabalhar para vencer. Quem sabe a hora não é essa (de ganhar a primeira como visitante sob o seu comando)? Por tudo o que o Náutico está passando, vamos criar uma situação positiva para o campeonato. Lamento não ter vencido o Juventude pela forma que jogamos e fomos prejudicados, já contra o Confiança não fizemos por merecer. Agora, vamos fazer o nosso melhor para ganhar da Ponte e ratificar uma condição de manutenção na Série B”, afirmou o treinador.

Hélio dos Anjos, no entanto, mostrou preocupação com o tempo de preparação para a partida e o clima em Campinas. “Temos que descansar. A Ponte jogou ontem (segunda-feira) e a partida lá será às 16h. Ontem, o jogo foi às 17h30 e teve parada técnica pelo calor. Vamos enfrentar tudo isso, mas estaremos preparados principalmente depois de enfrentar o América-MG. Saímos mais fortes do que entramos”, concluiu.

Foto: Caio Falcão/CNC

Trending