conecte-se conosco

CECearáSérie AÚltimas

Daniel Azambuja lamenta ausências e avalia derrota do Ceará em casa

Foto: Reprodução/TV Vozão

Publicados

em

Com as suspensões de Guto Ferreira e Alexandre Faganello, coube ao auxiliar técnico do clube e comandante campeão brasileiro com a equipe Sub-23, Daniel Azambuja, comandar o Ceará na derrota para o Fluminense, nesta segunda-feira (15). Na avaliação após o jogo, o treinador substituto destacou as mudanças de postura tática do Vozão na partida, lamentando também as ausências que a equipe teve que lidar na escalação.

“O primeiro tempo a gente veio com uma propsota de tentar buscar o contra-ataque e certas vezes até o time conseguiu executar. Faltou, talvez até, um pouco mais de prender a bola no setor ofensivo. E as situações que o Fluminense criou, o gol sai de uma cobrança de lateral, numa desatenção nossa”, apontou Daniel.

“Foi um primeiro tempo mais de espera e o time controlou as ações do Fluminense. Talvez tenha faltado mais força e presença de jogadores no campo do adversário. Quando entrava no campo, tinha que circular mais a posse. O Fluminense teve mérito nisso e quando eles acharam o gol, tivemos que vir com outra proposta de permanecer mais com a posse no campo do adversário. Buscamos e tentamos, e achamos só no gol de pênalti”, completou.

Desfalques

Além da mudança, Daniel também chamou a atenção para as trocas que o time teve de realizar, sem Samuel Xavier, Lima e Cléber, lesionados. “Esse período em que a gente está em final de campeonato, algumas situações ocorrendo com jogadores dentro do clube, e nós temos que tomar cuidado, terminar bem o campeonato. Muitas situações vêm acontecendo com a equipe, mudanças de jogadores, perda de jogadores por lesões e cartões, e essa rotatividade temos que administrar muito bem”, finalizou Azambuja.

Trending