conecte-se conosco

Copa do NordestePESanta CruzÚltimas

Basílio nega pressão sobre comissão técnica e reforça respaldo da diretoria do Santa

Foto: Heitor Ramos/AGIF
Avatar

Publicados

em

Mesmo após mais uma derrota na Copa do Nordeste, desta vez por 1 a 0 contra o Salgueiro, na noite desta quarta-feira, que manteve o Santa Cruz na lanterna do seu grupo, sem nenhum ponto conquistado até aqui, o auxiliar Basílio Amaral negou uma possível pressão sobre seu cargo e o do técnico João Brigatti. Basílio, inclusive, fez questão de reforçar o respaldo que a comissão técnica tem com a diretoria do Tricolor.

“A gente trabalha totalmente junto com comissão técnica, diretoria, com Nei, Jaime, então tá todo mundo junto. Estamos nos sentindo respaldados e vamos trabalhar no dia a dia porque a gente precisa de vitórias, não a comissão técnica, mas o Santa precisa de vitórias”, respondeu, brevemente.

Confira, na íntegra, todos os pontos da coletiva

Avaliação da partida/correão de erros apra o próximo jogo

“A gente pegou um jogo difícil, numa situação mto complicada e infelizmente tomamos ol no começo de jogo, infelizmente de bola parada, em um lance que a gente sempre treina, mas infelizmente aconteceu. O jogo ficou truncado. No segundo tempo nosso time ficou mais solto, dentro da proposta que a gente quer adotar aqui no Santa Cruz, mas infelizmente não conseguimos chegar ao gol de empate. Mas a gente entente que o segundo tempo houve algumas melhores em relação ao time.”

Retrospecto negativo sem vitória

“Nessa competição a gente não vem bem e tem muito a ver com a falta de tempo, estamos em um momento de transição, estão chegando jogadores, por exemplo. Tudo isso aliado a uma falta de treino, mas a gente tem que estar trabalhando e estamos trabalhando muito e o torcedor pode ter que certeza que a gente vai fazer do Santa Cruz um futebol bem melhor e os resultados vão condizer com o peso da camisa”>

Por que não começar com Alan Cardoso na lateral esquerda?

“O Alan não fez praticamente nenhum treino com a gente, a gente já conheceu jogador e trouxe ele após ter saído no BID, e a diretoria se esforçou bastante para trazer, então por isso não tinha coo botar ele pra jogar porque a gente não sabe a condição física dele. Mas ele entrou bem no intervalo, conseguiu fazer o que a gente pediu e tenho certeza que ele vai ter uma grande sequência aqui no Santa Cruz”.

Irritação dos jogadores após substituições

“Eu particularmente não vi isso acontecer, o Didira até veio falar comigo ali, e o Pipico também. Então não posso responder sobre algo que eu não vi acontecendo. Não consegui ver isso”.

Próximos adversários na Copa do Nordeste

“O momento é muito difícil, de reformulação, a diretoria está trabalhando muito para trazer os reforços que a gente está precisando e estão chegando os jogadores, ao mesmo tempo a gente não tem tempo para treinar. No jogo contra o Sport, por exemplo, a gente tem apenas um treino, que vai ser de recuperação. E essa é a realidade hoje, a gente tem certeza de que houve uma melhora, mas a gente já vê uma melhora, e tenho certeza de que apesar da dificuldade com esses dois adversários a gente vai conseguir fazer uma forma de jogar que venha condizer com aquilo que o Santa cruz precisa”.

Clássico contra o Sport no domingo

“Como todo clássico, independente da situação que estiver entre Santa cruz e Sport no campeonato, clássico é clássico, e clássico também não tem essa questão de favorito. A gente vai se preparar, já estamos estudando o Sport e tenho certeza de que no domingo iremos fazer uma grande partida”.

Trending