conecte-se conosco

EstaduaisMAMaranhenseÚltimas

Moto Club vence Juventude e avança à decisão do Maranhense

Agora, o Papão espera o vencedor de Sampaio Corrêa e Pinheiro

Foto: Hiago Ferreira/ Moto Club

Publicados

em

Na tarde desta sexta-feira, no estádio Nhozinho Santos, o Moto Clube por 3 a 2 o Juventude Samas pela volta das semifinais do Campeonato Maranhense e se classificou à decisão da competição. Os gols do Papão foram marcados por Vinícius Paiva, Cleitinho e Felipe, enquanto Baianinho e Betão descontaram para os visitantes.

E agora?

Com o triunfo, o Moto Club chegou à quarta final seguida do Estadual. Agora, o Papão aguarda o vencedor de Sampaio Corrêa e Pinheiro, que se enfrentam neste sábado, no estádio Castelão.

O jogo

Mesmo fora de casa, o Juventude Samas foi quem buscou o domínio das ações, com mais posse de bola e aparições no campo ofensivo. Assim, não demorou muito a assustar, em duas chegadas antes dos dez minutos. Primeiro, Amendoim deu boa finalização da entrada da área, mas parou em Joanrdeson. Depois, em cobrança de escanteio, Cleyton aproveitou rebote e finalizou tirando tinta da trave.

Com dificuldades no meio de campo, sobretudo para sair jogando, bastou, porém, ao Papão, a primeira chegada para abrir o placar. Aos 14, após cruzamento da esquerda, Cleitinho subiu bem e cabeceou para para o fundo das redes. A vantagem, porém, durou pouco.

No lance seguinte, logo após bater o reinício de jogo, o Juventude Samas, em lance parecido, deixou tudo igual: em cruzamento pela direita, Baianinho foi mais esperto que a defesa e completou para fazer 1 a 1.

Empatado, os visitantes seguiram melhores, mais confortáveis e com a bola em campo, entretanto, sem conseguir assustar. Ao Moto Club, assim como já havia sido no primeiro gol, foi preciso apenas um novo ataque para marcar. Da entrada da área, Felipe recebeu passe de Negueba e chutou forte para colocar o Papão novamente à frente. A partir daí, a primeira etapa terminou sem emoções.

Segundo tempo

A etapa complementar voltou mais equilibrada, com poucas chances ou emoções, mais concentrada no meio de campo. Em vantagem, o Moto tentou uma partida mais segura, sem correr riscos, enquanto o Juventude, com o passar do tempo, foi se atirando mais ao ataque, ao mesmo tempo que cedeu espaços defensivamente.

Assim, aos 33, o Papão foi letal em contra-ataque puxado por Negueba, onde Balão serviu Vinícius Paiva para ampliar. Contudo, assim como havia sido na etapa inicial, o Moto também levou um gol logo depois de marcar: dois minutos depois, a bola bateu na mão de Marquinhos dentro da área após cruzamento e foi assinalado pênalti. Na bola, Betão chutou no meio e diminuiu.

Na reta final, o jogo ganhou emoções, com o Juventude Samas se mandando de vez ao ataque em busca do empate que levaria o duelo aos pênaltis. Porém, foi o Papão que chegou mais perto de marcar, aproveitando novo contra-ataque, onde Vinícius Paiva arrancou livre e foi derrubado dentro da área por Alemão. Pênalti. Na batida, porém, Fleydisson parou em Bruno, que pulou no canto direito para espalmar, aos 46 minutos. Ali, entretanto, não dava tempo para mais nada e o Moto avançou à final.

Escalações

Moto Club
Joanderson; Everton, Antônio Lara, Marquinhos e Diego Renan; Mauro, Victor Manoel, Flamel e Cleitinho; Felipe e Negueba. Técnico: Júnior Amorim.

Juventude Samas
Bruno; Eduardo, Wallace, Betão e Caxambu; Celyton, Doda e Alemão; Baianinho, Naôh e William Amendoim. Técnico: Toninho Pessoa.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending