conecte-se conosco
Mozart, técnico do CSA Mozart, técnico do CSA

ALCSASérie BÚltimas

CSA: Mozart cita ‘gosto amargo’ por não subir e fala sobre renovação para 2022

Foto: Augusto Oliveira/CSA

Publicados

em

O retorno do técnico Mozart foi crucial para a arrancada do CSA na Série B, onde o Azulão conseguiu ter a segunda melhor campanha do returno, com 34 pontos em 19 jogos. Entretanto, acabou não sendo suficiente para a equipe conquistar o acesso para a Primeira Divisão, mesmo tendo goleado o Brasil de Pelotas-RS no Rei Pelé. Assim, por mais uma vez ter batido na trave pelo acesso, o treinador diz que fica um “gosto amargo” neste momento.

“Desde a minha chegada, fomos a segunda melhor campanha, salvo engano, da competição, só atrás do Botafogo, mais de 70% de aproveitamento. Fica um gosto amargo novamente, nós chegamos pela segunda vez consecutiva em quinto e é difícil de digerir nesse primeiro momento, mas é importante assimilarmos, faz parte”, disse Mozart.

O comandante comparou as duas últimas campanhas do CSA na Série B, onde a equipe terminou ambas em 5º lugar. Na visão dele, o clube fez “uma campanha fantástica”, mesmo sem ter conseguido ascender de divisão. Com isso, ele tratou de enaltecer o trabalho feito pelos atletas na arrancada que o Azulão teve no returno.

“No campeonato passado nós fizemos 58 pontos e duas equipes subiram com 61. Neste ano, fizemos 62 pontos e dois times subiram com 64. É uma pontuação alta, fica um gosto amargo porque realmente fizemos uma campanha fantástica, mas é assimilar e agradecer o que os jogadores nos deram como clube, como comissão técnica. Eu só tenho a agradecê-los pela conduta e determinação. Grupo fora de série”, acrescentou.

Renovação com o CSA

Em mais uma boa campanha que acabou batendo na trave, aparentemente o desejo do CSA e do técnico Mozart é de renovar o vínculo para 2022. Apesar de ressaltar sua vontade, o treinador revelou que uma das suas condições para permanecer é a de fazer uma renovação contratual com algo em torno de 70% a 80% do elenco azulino.

“É óbvio que o meu desejo é permanecer e a única condição que eu impus é a gente manter 70% a 80% do elenco. Um grupo muito qualificado, de grandes profissionais e grande homens, principalmente. Então, primeiramente, é ter a renovação desses jogadores para daí eu discutir a minha renovação”, encerrou o comandante.

Trending