conecte-se conosco
Eduardo Barroca, técnico do Ceará. Eduardo Barroca, técnico do Ceará.

CECearáCopa do NordesteÚltimas

Barroca exalta Morínigo após título do Nordestão e já começa a pensar na sequência da Série B

Foto: Marcelo Vida/CSC

Publicados

em

O técnico Eduardo Barroca comandou o Ceará em apenas um jogo na Copa do Nordeste e já comemorou um título com a vitória nos pênaltis sobre o Sport. Mas, após a partida, o treinador exaltou o trabalho de Gustavo Morínigo, que comandou a equipe até o jogo de ida da decisão, mas foi demitido depois os dois primeiros jogos da Série B.

“Um abraço ao Gustavo (Morínigo) por tudo o que ele construiu. É bonito ver um profissional que constrói um trabalho e sai com respeito da torcida, da direção e dos atletas. É preciso exaltar isso mais vezes, estamos vivendo em um mundo agressivo em diversos cenários. Aproveito para deixar esse abraço e vou fazer amanhã. Vou ligar e deixar o meu abraço”, afirmou Barroca.

Ainda no início do seu trabalho no Ceará, o treinador já visa a sequência da Série B e o acesso. O Vozão está no 15º lugar com 3 pontos e enfrentará a Ponte Preta, domingo (5), às 11h, no Moisés Lucarelli.

“Hoje é dia de comemorar. Talvez mais os jogadores, no meu caso, não. Já estou pensando no próximo desafio, que é duro. Um jogo pela manhã, pouco tempo de recuperação e vamos ter uma longa jornada na Série B”, disse.

“O título é muito importante para elevar a confiança. Quando os resultados acontecem, as ideias vão ganhando força. O ambiente de vitória traz confiança. O ambiente de derrota traz muita insegurança de fora para dentro. Mas, com certeza, essa conquista vai trazer benefícios de estabilidade”, completou Barroca.

Barroca destaca comprometimento do elenco

Ainda sobre a final, Eduardo Barroca ressaltou o comprometimento dos jogadores do Ceará. Apesar da desvantagem no tempo normal, o treinador elogiou a postura dos atletas na decisão que levou ao tri do Nordestão. 

“Sabíamos que o ambiente seria extremamente favorável ao Sport. A torcida fez uma festa bonita. E um dos pontos principais que falei e fiz um acordo com os atletas era de que teríamos de jogar futebol. Não ter jogador expulso e não gastar energia com a arbitragem. A gente se comprometeu a isso. Uma equipe forte mentalmente consegue pensar igual nos momentos de dificuldade, das trocas e quando não temos o controle. Eles fizeram muito bem e não perderam o foco”, concluiu.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados