conecte-se conosco

ABCRNSérie BÚltimas

ABC tem seu pior início de Série B nos pontos corridos; confira números

Foto: Rennê Carvalho/ABC F.C.

Publicados

em

Fernando Marchiori passa por um momento delicado na equipe e é questionado

O ABC tem vivido momentos difíceis na Série B, em 2023. A a equipe comandada por Fernando Marchiori é a lanterna da competição e só conseguiu conquistar um ponto em cinco rodadas. Este início no Brasileirão é o pior do clube na era dos pontos corridos.

O início de temporada do ABC animou bastante o torcedor, que vivia a expectativa do clube se firmar ainda mais em campo com os novos reforços. Mais de dez jogadores foram contatados em diferentes posições, mas a maioria aumentava as opções no sistema ofensivo e estava disputando o Campeonato Paulista com o Água Santa, como Júnior Todinho e Lucas Tocantins.

Porém, com a eliminação na Copa do Brasil e o início da Série B, a situação da equipe em relação aos reforços foi ficando limitada. No momento, são mais de dez jogadores no Departamento Médico (DM).

Em entrevista recente, o médico do clube Fábio Freire confirmou que as notícias não são positivas. Mais de nove jogadores estão com problemas musculares e isso inclui os novos contratados.

Início do ABC na Série B

ABC vive momento ruim na Série B. Foto: Rennê Carvalho/ABC F.C.
ABC vive momento ruim na Série B. Foto: Rennê Carvalho/ABC F.C.

Até o momento, o ABC disputou cinco partidas na Série B. Foram quatro derrotas (Londrina, Vitória, Ceará e Ituano) e um empate (CRB). A equipe está na zona de rebaixamento com apenas um ponto conquistado. Com estes números, é possível mostrar que este é o pior início do Mais Querido na Segundona. A última vez que viveu um início tão complicado foi em 2009.

A situação atual é uma sequência negativa de oito jogos sem vitória, considerando a derrota no jogo de ida e o empate na partida de volta para o Grêmio na Copa do Brasil. É o pior momento de Marchiori, que chegou em março de 2022 e não passou mais de três jogos sem ganhar. Da última vez, foi no fim da temporada passada quando empatou com Figueirense e Mirassol, e perdeu para o clube paulista na disputa pelo título na Série C.

Outra situação que tem preocupado os torcedores e também ao técnico é a falta de gols da equipe. Em março, o Mais Querido chamou a atenção nacionalmente por ter o segundo melhor ataque do futebol brasileiro. Nas três competições que disputava, Copa do Brasil, Nordestão e Potiguar, foram 45 marcados. Agora, em apenas uma competição, o Mais Querido só conseguiu balançar as redes duas vezes.

Felipe Garcia é o artilheiro no ABC, mas não conseguiu marcar ainda na Série B. Foto: Rennê Carvalho/ABC F.C.

E nenhuma destas vezes foram por Felipe Garcia, que estava se destacando como a referência no ataque do ABC. Ele está há mais de 40 dias sem conseguir balançar as redes, especificamente são nove participações em campo, mas sem gols. A última vez que o centroavante conseguiu marcar foi na partida contra o Náutico, na Copa do Nordeste, no dia 26 de março.

A defesa também preocupa, já que em todas as partidas a equipe levou pelo menos um gol. No momento, na Segundona, foram dez tomados. Das três competições que disputou no começo da temporada, a equipe não tinha levado esta quantidade de gols, o máximo até então foram oito vezes no Nordestão.

ABC em 2009 x ABC em 2023

A última vez que o Mais Querido teve um início negativo na Série B foi em 2009. Em cinco jogos, conseguiu ter uma vitória (Fortaleza) e quatro derrotas (Ponte Preta, Figueirense, Juventude e Bahia). Foram três gols marcados (Marco Aurélio, Fábio Santos e Gaúcho) e doze levados.

Na época, Heriberto da Cunha estava no comando da equipe que perdeu para Ponte Preta e Figueirense, fora e dentro de casa, respectivamente. Contra o Juventude adiante, outro treinador foi contratado: Arturzinho.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados