conecte-se conosco
Jerson Testoni, técnico do Altos-PI Jerson Testoni, técnico do Altos-PI

PISérie CÚltimas

Técnico do Altos-PI vê convicção no time e projeta jogo competitivo contra o Manaus na 3° rodada da Série C

Foto: Ângela Carvalho

Publicados

em

Em coletiva, Jerson Testoni comentou sobre início do Altos-PI na competição

Com apenas um ponto conquistado em duas rodadas da Série C, o técnico do Altos-PI, Jerson Testoni, em coletiva na última quinta-feira, afirmou convicção com o futebol apresentado pelo time e que um dos principais problemas é a tabela. Na estreia, o Jacaré empatou em 0 x 0 com o Figueirense em casa e, na 2° rodada, levou a virada do Confiança e perdeu por 2 x 1.

Pela a 3° rodada, o Altos-PI visita o Manaus, na Arena da Amazônia, no domingo (14), às 16h. O técnico espera um time competitivo em campo.

Jerson Testoni, técnico do Altos-PI
Foto: Samuel Pereira / A.A. Altos

“Hoje, um dos maiores problemas do Altos-PI na competição é a tabela, principalmente para o treinador, porque treinador vive de resultado”, pontuou Jerson Testoni na coletiva.

Apesar do começo não tão positivo na Terceira Divisão, o técnico considera que o time está no caminho em relação ao modelo de jogo e declarou convicção no que os jogadores estão executando até o momento.

“Os resultados não vieram nessas duas primeiras rodadas, mas a gente vê muita coisa positiva. Claro que os ajustes sempre terão que acontecer… Hoje nós poderíamos estar com seis pontos tranquilamente, mas estamos só com um. Isso faz parte do futebol”, disse.

O técnico também declarou que o Jacaré não é uma equipe reativa, mas sim um time que propõe o jogo. “Pelo menos, a gente está criando oportunidades. Eu ficaria muito preocupado se eu não tivesse criado nenhuma oportunidade nesse jogo. A gente teve uma equipe bem postada, bem organizada com e sem a bola e muito corajosa”, declarou o comandante do Alviverde.

Sobre o desafio contra o Manaus, o técnico disse que a logística da viagem é complexa, uma vez que o Altos-PI viaja de Teresina até São Paulo e, só então, para a capital da Amazônia. “A gente vai sair no sábado de madrugada para jogar no domingo à tarde, mas são coisas que a gente tem que superar. A gente vai tentar fazer um jogo muito forte e competitivo… Vamos ver o que a adversidade do jogo vai apresentar”, projetou.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados