conecte-se conosco
Marcelo Paz - Fortaleza Marcelo Paz - Fortaleza

CECopa do BrasilFortalezaÚltimas

Fortaleza se queixa de pênalti marcado em jogo diante do Palmeiras na Copa do Brasil

Publicados

em

Presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, e técnico Juan Pablo Vojvoda, levantaram questionamento sobre a não utilização do árbitro de vídeo

Apesar da derrota por 3 a 0 com amplo domínio do Palmeiras, a penalidade marcada contra o Fortaleza, que abriu o placar na Allianz Arena gerou bastante revolta entre os tricolores após o jogo, na última quarta-feira.

Mandatário tricolor, Marcelo Paz desabafou nas suas redes sociais contra a marcação do árbitro Wagner do Nascimento Magalhães em lance de dividida na área entre Caio Alexandre e Rony. Segundo o dirigente, o erro é imperoável e o árbitro de vídeo deveria ter sido acionado para corrigir a marcação de campo.

“Tem coisas que por mais que se tente, não dá para entender. Por que o árbitro demora um tempo para marcar o pênalti inexistente? Por que o VAR não chama para ver? Jogadores, torcedores do Palmeiras, comentaristas diversos de arbitragem dizem que não foi pênalti. Está todo mundo errado e só árbitro e VAR certos?”, iniciou Paz.

“Mais um erro, mais uma vez na Copa do Brasil, estranho! Estávamos invictos há 13 jogos, a derrota veio, mas esse erro é imperdoável, porque é totalmente evitável. Árbitro em cima do lance e VAR com várias câmeras e não chama. Segue o baile, vamos nos manter na linha reta pelo bem do futebol, como tem que ser”, salientou o presidente do Fortaleza.

Em sua coletiva após o jogo, o técnico do Fortaleza, Juan Pablo Vojvoda, também questionou a marcação, que foi realizada logo aos 7 minutos do primeiro tempo. Segundo ele, o Palmeiras foi melhor durante o jogo, mas a marcação do árbitro acabou sendo determinante para o resultado.

“É um resultado importante que o adversário conseguiu. No primeiro tempo estivemos abaixo do nosso nível. Eles tiveram uma imposição física melhor. Acho que o pênalti teve muita dúvida. Eu falo pouco de arbitragem. Somos um time que vai continuar trabalhando seriamente, não pressionando a arbitragem. Mas esse pênalti abriu a partida contra um adversário que tem boa qualidade. E encontrar um gol como esse nos machucou”, refletiu o treinador.

“Sou responsável pelos erros. Compreendo a arbitragem. Mas é duvidoso. Não sei por que não foram no VAR”, complementou.

Ídolo do Palmeiras, Marcos também contesta marcação de penalidade

As reclamações sobre o desempenho do árbitro Wagner do Nascimento Magalhães não se restringiram apenas ao lado tricolor da disputa no Allianz Parque. Histórico goleiro do Palmeiras, o pentacampeão Marcos lamentou a marcação mal feita contra o Fortaleza e indicou que gol no começo influenciou no resultado a favor do Alviverde.

“É, mano, vi na hora. Dá até vergonha. Arbitragem no Brasil tá difícil, e olha que foi erro a favor do meu time, mas que estraga o sabor da vitória. Nesse lance, prejudicaram o Fortaleza e fez grande diferença no resultado”, desabafou o ex-jogador.

Números, estatísticas e mais: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados