conecte-se conosco
Rodolpho Moreira_Léo Portela_Diretoria de Futebol_Náutico_2023 Rodolpho Moreira_Léo Portela_Diretoria de Futebol_Náutico_2023

NáuticoPESérie CÚltimas

Os motivos que fizeram o Náutico ainda não anunciar um novo treinador

Foto: Tiago Caldas/CNC

Publicados

em

Timbu segue no mercado, mas mantém cautela para não errar no novo treinador

Sem técnico há mais de uma semana, o Náutico segue no mercado em busca de um novo comandante para a equipe profissional. A procura, contudo, tem suas especificidades e é tratada com cautela.

Afinal, há um sentimento interno de que o clube não pode errar na escolha do próximo comandante. Desta forma, o Timbu encara algumas dificuldades no mercado, com o principal sendo a concorrência de equipes de divisões maiores. A reportagem do NE45 traz alguns bastidores e explica o cenário do momento.

Rodolpho Moreira_Léo Portela_Diretoria de Futebol_Náutico_2023
Foto: Tiago Caldas/CNC

Neste primeiro ponto de dificuldade, inclusive, houve o maior entrave até aqui. Isso porque a partir do momento em que o Náutico demitiu Dado Cavalcanti na segunda-feira da semana passada, dois dias após a goleada sofrida ante a Aparecidense, dois nomes surgiram no clube como prioridades: Allan Aal e Daniel Paulista.

Allan Aal é apresentado no ABC
Foto: Rennê Carvalho/ABC F.C.

De início, Allan Aal sinalizou negativamente para o contato do Náutico, já que tinha o desejo de treinar uma equipe de Série B. Contudo, o Timbu insistiu no nome e fez uma proposta oficial para o treinador, mas a concorrência com uma equipe de divisão superior acabou pesando. Assim, Aal ouviu e até balançou com a oferta do Náutico, mas escolheu o ABC.

Com Daniel Paulista, por sua vez, o cenário foi parecido. Pouco depois da demissão de Dado Cavalcanti, o Náutico buscou Daniel, que sinalizou negativamente pelo mesmo motivo de Allan Aal: o desejo de treinar um clube da Série B. O Alvirrubro, contudo, não desistiu do treinador e fez uma proposta no último final de semana, mas que foi novamente negada pelo comandante.

Na proposta para Daniel Paulista, inclusive, o Náutico fez uma oferta robusta no aspecto salarial, na tentativa de fechar com o treinador. Contudo, mais uma vez pesou o desejo de Daniel em aguardar uma situação de Série B.

Internamente, porém, o Náutico ainda não descarta 100% uma nova investida pelo treinador, já que alguns movimentos de troca de técnicos na Segundona podem não acontecer. Assim, Daniel pode seguir livre.

Daniel Paulista - CRB
Foto: Divulgação/CRB

Para além da concorrência enfrentada com equipes da Série B, outro aspecto que faz o Náutico manter cautela na contratação de um treinador é o desejo de não “apostar”. Por isso, o clube tem o objetivo de trazer um técnico que esteja “uma prateleira acima” da divisão, ou seja, que tenha a “casca” necessária para enfrentar os desafios e a pressão na busca pelo acesso à Série B.

Durante o período de busca por um novo treinador, o Náutico chegou a conversar com Fernando Marchiori, ex-ABC. No entanto, uma divergência de valores pedidos fez a negociação não avançar até a publicação da matéria. O Alvirrubro até poderia pagar a quantia solicitada pelo técnico, mas o clube entende que pode fazer esse investimento em um comandante que seja unanimidade dentro da cúpula.

Outros nomes como Ricardo Catalá, ex-Mirassol, Marcelo Cabo, demitido do Remo na última segunda-feira, João Burse, ex-Vitória, e Gilmar Dal Pozzo, ex-Náutico e Ituano, foram sondados, mas o clube não abriu negociações oficiais com nenhum deles.

Fernando Marchiori - ABC
Foto: Rennê Carvalho/ABC

Otávio Augusto segue comandando o Náutico

Desta forma, o Náutico segue no mercado procurando um treinador que se adeque ao patamar buscado pela direção alvirrubra. A importante vitória por 3 x 1 contra o Floresta, na última segunda-feira, dá respaldo para o clube ir trabalhando “sem tanta pressa”, priorizando aqueles que, de fato, encaixem no crivo da diretoria.

Enquanto o Náutico não anuncia um treinador, o técnico do sub-20 e interino, Otávio Augusto, segue comandando as atividades. Se o cenário não mudar drasticamente, ele vai estar à beira do campo mais uma vez contra o América-RN, no sábado (28), às 19h, pela quinta rodada da Série C. Com seis pontos, o Timbu está na nona posição, a um ponto do G-8.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados