Connect with us
Santa Cruz: Nadson cogitou saída após protesto de organizada e perda de espaço no elenco, mas recuou da ideia Santa Cruz: Nadson cogitou saída após protesto de organizada e perda de espaço no elenco, mas recuou da ideia

PESanta CruzSérie DÚltimas

Santa Cruz: Com perda de espaço com Piza, Nadson cogitou saída após ser hostilizado por organizada em protesto

Published

on

Meia foi um dos alvos dos uniformizados que entraram no Arruda, além de também ser escanteado pelo novo treinador

A passagem do meia Nadson no Santa Cruz pode estar perto do fim. Além da perda de espaço com a chegada do técnico Evaristo Piza, o protesto da torcida organizada no Arruda durante treinamento do Tricolor na quarta-feira da última semana, onde o meia foi um dos alvos, pesaram para o jogador. Afetado por tudo o que aconteceu, ele cogitou pedir para sair do Tricolor, mas recuou da ideia.

Segundo apuração da reportagem do NE45, Nadson já esperava que perderia espaço no elenco Tricolor quando houve o anúncio do técnico Evaristo Piza. A mesma situação aconteceu no começo deste ano, quando o treinador também substituiu Felipe Conceição no Sampaio Corrêa, clube ao qual o meio-campista pertence. Lá ele foi afastado e ficou de fora dos planos do treinador para o Tubarão.

Ainda de acordo com o apurado pelo NE45, não há qualquer problema pessoal entre Nadson e Evaristo Piza. Porém, como foi preterido anteriormente – e também era um homem de confiança do antigo treinador -, acabou que aconteceu novamente o mesmo cenário no Santa Cruz.

Situação essa que também ocorreu com o volante Emerson Souza. Ele e Nadson estão fora da relação do Tricolor para a partida contra o Iguatu e sequer viajaram com o elenco. Vale lembrar que, contra o Potiguar, também não foram relacionados. Ambos eram titulares sob o comando de Felipe Conceição e estão aptos para jogar, sem problemas físicos.

Nadson - Santa Cruz
Nadson foi uma das primeiras contratações do Santa Cruz para a Série D. Foto: Divulgação/Santa Cruz

A trajetória de Nadson no Santa Cruz

Nadson foi uma das contratações feitas pelo Santa Cruz para a disputa da Série D. Chegou como um pedido de Felipe Conceição, que havia trabalhado com o jogador no Sampaio Corrêa. Logo que chegou, virou titular e assim esteve durante quase toda a primeira fase da Quarta Divisão.

Apesar de um início regular, com boa participação em campo, o jogador oscilou, caiu de desempenho ao longo da competição e se tornou um alvo da torcida coral. O que acabou marcando negativamente foi a atuação contra o Nacional de Patos, onde falhou na saída de bola em lance que originou gol de empate do time adversário no Arruda.

No jogo seguinte, o Santa Cruz perdeu do Campinense fora de casa e resultou na queda de Felipe Conceição do cargo. Na mesma semana, protestos e clima tenso marcaram a preparação coral para o jogo contra o Potiguar. Com protesto de uma uniformizada no Arruda, os integrantes entraram no campo – com autorização dos jogadores – para cobrar por melhores resultados.

Nadson, que estava no meio do elenco que treinava no gramado, foi puxado rispidamente por um integrante, que também o xingou. O membro da organizada foi retirado por outros que estavam presentes, como é possível ver no vídeo abaixo.

Depois disso, o Tricolor anunciou a contratação do técnico Evaristo Piza, que estreou contra o Potiguar, no empate em 1 x 1 no Arruda. Agora, o novo treinador tem a dura missão de conseguir a classificação no jogo contra o Iguatu, no próximo domingo (23), às 18h, no estádio Morenão.

Ao todo, Nadson disputou 11 jogos pelo Santa Cruz e não chegou a marcar gols ou dar assistências. Ele era tido como peça importante por Felipe Conceição principalmente pelo seu trabalho sem bola, auxiliando na marcação e recomposição da equipe.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados