conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Opositores acionam Justiça contra adiamento da eleição do Sport

Eduardo Carvalho e Nelo Campos ingressaram com ações nesta quinta; veja o que disseram

Publicados

em

Os candidatos da oposição Eduardo Carvalho e Nelo Campos acionaram a Justiça, nesta quinta-feira, contra o adiamento da eleição do Sport. Na última segunda, o Conselho Deliberativo (CD) do clube aprovou por ampla maioria em reunião extraordinária que o pleito para o biênio 2021-2022 ocorra apenas após o fim da Série A, em março do ano que vem.

LEIA: Conselho do Sport aprova adiamento da eleição para março de 2021
LEIA: A reunião do Conselho do Sport foi um teatro. Ou um ‘Teatro dos Vampiros’. Por Fred Figueiroa

Em nota, Nelo Campos classificou a postergação da eleição como um dos dias mais tristes da história do clube. “Tal atitude (ação na Justiça) se deu após uma análise cuidadosa feita pelo corpo jurídico da nossa chapa e com um único objetivo em mente: o bem do nosso clube. Nós, como rubro-negros que somos, jamais poderíamos ficar de braços cruzados”, afirmou em trecho do comunicado – leia na íntegra ao fim da matéria.

De acordo com Eduardo Carvalho, em contato por telefone, existem condições atualmente para que a eleição ocorra no dia 18 de dezembro – como estava anteriormente marcada e como prevê o atual estatuto do clube -, seja virtual ou presencialmente. 

Ouça, a partir do minuto 13, o debate do Podcast 45 Minutos sobre o adiamento da eleição do Sport.

“A legislação atual não impede uma eleição presencial. E há sistemas de tecnologia por um preço, não barato, mas que o Sport pode pagar”, afirmou Eduardo. “Chegou o momento de agir com firmeza para garantir que os sócios possam escolher livremente os próximos gestores”, acrescentou.

VEJA MAIS: confira aqui outras notícias do Sport

O requerimento feito ao CD para que a eleição fosse adiada partiu dos Conselheiros Natos – composto por ex-presidentes – com manifestação da Direção Executiva. Na solicitação, a justificativa foi de que seria importante manter o ambiente do clube ameno sem interferência política para não atrapalhar a equipe na Série A, além da questão sanitária tendo em vista a pandemia do coronavírus.

De acordo com Eduardo Carvalho, no entanto, trata-se de um ato político. “Mais comprovado que foi um golpe. Os áudios que vazaram confirmam isso, esse grupo que comanda o Sport há mais de 60 anos e não quer largar, eles não tinham um candidato para disputar e fizeram essa manobra contando com a complacência do Conselho”, disse. Além disso, alertou que o próximo presidente do clube terá apenas um ano e nove meses de mandato. 

Outros candidatos ao pleito, Delmiro Gouveia e Luiz Carlos Belém manifestaram-se a favor do adiamento da eleição para depois do término da Série A.  A situação, por sua vez, não tem um candidato definido após a desistência de Milton Bivar.

A eleição do Sport passou por idas e vindas. Inicialmente, foi cogitada a antecipação para novembro, em seguida o adiamento para janeiro, depois a confirmação para segunda quinzena de dezembro e, agora, nova postergação, desta vez para março. Quanto ao processo eleitoral, todas as etapas foram anuladas e os novos prazos serão divulgados pelo clube, incluso a data exata. 

Veja a nota oficial de Nelo Campos

“É com muita tristeza, mas também carregando a responsabilidade de fazer valer os inúmeros pedidos vindo de torcedores e apoiadores da chapa ‘Sport na Raça’, que eu, Nelo Campos, anuncio que foi distribuída uma ação judicial contra o adiamento das eleições para a presidência do Sport Club do Recife no biênio 2021/2022.

Tal atitude se deu após uma análise cuidadosa feita pelo corpo jurídico da nossa chapa e com um único objetivo em mente: o bem do nosso clube. Nós, como rubro-negros que somos, jamais poderíamos ficar de braços cruzados diante do ato feito pelo Conselho Deliberativo em um dos dias mais tristes da história do Sport.

Respeitando a história do Leão da Ilha do Retiro e agindo com a garra que é característica da nossa torcida, deixo registrado aqui que a chapa ‘Sport na Raça jamais’ baixará a cabeça diante de atos que claramente prejudiquem o nosso clube”.

Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife e Divulgação

Trending