conecte-se conosco

BABahiaSérie AÚltimas

CBF solicita ao STJD investigação da denúncia de racismo feita por Gérson

Publicados

em

O caso envolvendo a denúncia de racismo feita pelo volante Gérson, do Flamengo, ao atacante colombiano Ramirez, do Bahia, será levado pela CBF ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva. No noite deste domingo, a entidade máxima do futebol nacional soltou uma nota oficial em que informa que solicitará ao tribunal a “abertura imediata de uma investigação”.

A denúncia foi feita por Gérson logo após a partida. Em entrevista, ainda em campo, ao canal pago Premiere, o jogador acusou o atacante Ramirez de ter dito “cala boca, negro” em uma discussão durante a partida.

“Tenho vários jogos pelo profissional e nunca vim na imprensa falar nada porque nunca tinha sofrido preconceito, nem sido vítima nenhuma vez. O Ramirez, quando tomamos acho que o segundo gol, o Bruno (Henrique) fingiu que ia chutar a bola e ele reclamou com o Bruno. Eu fui falar com ele e ele falou bem assim para mim: “Cala a boca, negro”. Eu nunca falei nada disso, porque nunca sofri. Mas isso aí eu não aceito” afirmou Gerson.

Leia mais: Mano Menezes se defende e diz que não apoia injúria racial
Leia mais: Após a partida, Bahia demite técnico Mano Menezes
Leia mais: Em rede social, Gérson diz que não irá se calar

A denúncia feita por Gérson também foi relatada na súmula da partida, pelo árbitro Flávio Rodrigues de Souza que, no entanto, informou que não percebeu o suposto ato de racismo dentro de campo.

“Aos 7 minutos do segundo tempo houve um conflito entre os jogadores sr. Gerson Santos da Silva, de número 8 da equipe do Flamengo e do atleta da equipe do Bahia de numero 15 sr. Juan Pablo Ramirez Velasquez, onde o jogador do Flamengo alega ter sido chamado de “negro” por seu adversário mencionado. Informo que este suposto ato não foi percebido por nenhum membro da equipe de arbitragem no campo de jogo”.

Também via redes sociais, o Bahia informou que irá se “posicionar em breve” com relação à acusação de racismo contra Ramirez após “finalizar a apuração do caso”.

Leia o posicionamento da CBF na íntegra:

A CBF está solicitando à Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva a abertura imediata de uma investigação sobre a denúncia de racismo feita pelo jogador Gerson Santos, do Clube de Regatas do Flamengo, na partida deste domingo (20/12) diante do Esporte Clube Bahia

Foto: Alexandre Vidal/CRF

Trending