conecte-se conosco

PESportÚltimas

Sport: Louzer exalta Gustavo e cita uso gradativo: ‘Não queimar etapas’

‘Não podemos jogar esse protagonismo de imediato’, disse sobre o meia

Gustavo tem passagens por seleções de base e contrato com o Sport até 2026. Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife

Publicados

em

Um dos principais questionamentos em torno do técnico Umberto Louzer no Sport é em relação à utilização do meia Gustavo. Considerado uma das grandes joias do clube, o prata da casa, por exemplo, sequer foi relacionado para as duas finais do Estadual, contra o Náutico, jogos em que faltou criação ao time.

LEIA: André deve seguir reserva no Sport contra o Atlético-MG
LEIA: Atlético-MG soma duas dúvidas e pode ter nove desfalques ante Sport

Porém, bastou voltar a ser acionado e, na primeira partida, contra o Internacional, em um cenário adverso, participou bem, inclusive deixando os atacantes do Sport em boas condições de marcar duas vezes.

Diante deste cenário, Louzer foi, mais uma vez, questionado em coletiva sobre o uso de Gustavo. E afirmou que projeta utilizá-lo de maneira gradativa. De acordo com o técnico, a ideia é que o meia não pule processos na inserção ao time principal, nem receba um ‘protagonismo de imediato’ na equipe.

Ouça, na íntegra, a coletiva desta sexta do técnico umberto louzer

“Gustavo é um atleta que, sim, tem buscado o espaço muito em função do que vem apresentando no treinamento e meu olhar é em função disso, o dia-a-dia. Então tem nos passado confiança, segurança, um atleta que tem se soltado cada vez mais. Nossa ideia é justamente oferecer mais tempo a ele dentro do campo para que ele possa ir se soltando cada vez mais”, iniciou o treinador.

“Daqui a pouco vamos precisar que ele inicie uma partida também e possa estar apto a nos ajudar dentro de campo. Então temos que ir inserindo ele nesse processo, gradativo, não podemos jogar esse protagonismo de imediato para o atleta até porque ele precisa cumprir algumas etapas. Mas eu tenho certeza absoluta que esse atleta irá nos ajudar e muito ao longo da temporada”, acrescentou.

Depois de destaque no sub-20 e convocações para a seleção brasileira sub-18, Gustavo subiu para os profissionais do Sport na última Série A, com Jair Ventura, onde disputou quatro partidas.

Nesta temporada, por sua vez, até aqui, foram 14 jogos e duas assistências, chamando ainda mais atenção, inclusive de fora do país, sendo observado por Olympique de Marselha-FRA e Ajax-HOL, por exemplo. Algo destacado por Louzer.

“Por isso esse carinho, esse cuidado com esse atleta. Vamos estar ofertando jogo a jogo um maior tempo dentro das partidas para que ele ganhe essa maturidade, ganhe essa cancha, estofo e venha nos ajudar. Tenho certeza que lá na frente quando precisarmos dele para iniciar ele também vai ter esse respaldo dos demais e vai estar melhor condicionado para poder fazer o que vem fazendo no decorrer das partidas”, avaliou.

“O mais breve possível Gustavo será um nome muito reconhecido no cenário nacional e até mesmo mundial, até porque há essa procura de outros clubes de fora também. Por isso temos que ter essa blindagem, esse cuidado com o atleta, (em) não queimar determinadas etapas para que, assim, a gente consiga potencializar essas capacidades dele e ele, de fato, venha a se tornar aquilo que ele tem de capacidade”, concluiu.

Atualmente, para o setor, outras alternativas no elenco são o experiente meia Thiago Neves e Thiago Lopes, que está lesionado, além de Neilton, que também pode desempenhar a função.

Continue lendo
1 comentário

1 comentário

  1. César Romero de oliveira soares

    5 de junho de 2021 a 15:39

    Não precisa queimar etapas os outros jogos mostram a qualidade de Gustavo, sempre assim o Paulinho passou 4 meses parado jogou a final fica difícil vai entender treinador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending