conecte-se conosco

PESportÚltimas

Conselho define eleição direta para escolha do presidente do Sport

Segundo Pedro Lacerda, votação deve ocorrer em 15 de julho

Publicados

em

A tendência se confirmou e a escolha do novo presidente do Sport será feita de forma direta. Em reunião extraordinária realizada pelo Conselho Deliberativo (CD) na noite desta terça-feira, de forma virtual, ficou definido que a votação será aberta aos associados, como determina o estatuto do clube, e não restrita apenas aos integrantes do órgão.

LEIA: Renúncias, estatuto, eleição, futebol e futuro: Pedro Lacerda repassa Sport
LEIA: Justiça ordena eleições diretas no Sport em 15 dias, com 48 horas para organização do pleito

A decisão dos conselheiros, aliás, foi quase unânime. Na reunião, estiveram presentes 116 integrantes do CD, onde 113 votaram a favor de eleição direta e apenas três por votação indireta.

Além disso, a data prevista para a votação é 15 de julho, ou seja, daqui a 23 dias, segundo Pedro Lacerda, responsável interinamente pelo Executivo. O presidente da Comissão Eleitoral, inclusive, já foi escolhido: Pablo Bismarck, da OAB.

Data esta, aliás, bem antecipada ao prazo máximo que foi previsto pelo Conselho Deliberativo na semana passada, de até três meses para a realização do pleito, numa previsão que contraria o estatuto. Entretanto, nesta manhã, a Justiça deferiu pedido para que ocorra dentro de 15 dias, como prega as diretrizes estatutárias do Sport. 

A situação do Sport

Essa indefinição política do Sport ocorre há exatamente uma semana, quando foram oficializadas as renúncias do então presidente Milton Bivar e vice Carlos Frederico, que culminou numa vacância dupla dos cargos. Desta forma, dois dias depois, o plenário do CD definiu Pedro Lacerda, presidente do órgão, como presidente provisório do Executivo até ser realizada nova eleição.

Bastidores

Desde que houve as renúncias, na última terça-feira, também tem sido costurado por lideranças do Sport – que emitiram carta conjunta nesta manhã em prol da eleição direta – um nome de consenso, representativo, mais jovem e de perfil agregador, que possa vir a ser aclamado na eleição. E as constantes conversas têm evoluído positivamente neste sentido.

Ouça a partir do minuto 42′:

Trending