conecte-se conosco

BABaianoÚltimasVitória

No Barradão, Vitória e Juazeirense empatam pela estreia do Campeonato Baiano

Times voltam a campo no próximo fim de semana pelo Estadual

Foto: Pietro Carpi/ ECV

Publicados

em

Tudo igual para Vitória e Juazeirense na estreia do Campeonato Baiano. Na tarde deste domingo, as equipes empataram em 1 a 1, no estádio Barradão. O Cancão saiu na frente com Patrik, enquanto o Rubro-negro marcou com Guilherme Queiróz, ainda no primeiro tempo. Na etapa complementar, muitos erros e pouca efetividade dos dois lados, com o placar inalterado.

E agora?

Com o resultado, as equipes dividem a quinta posição do Estadual, com um ponto. Na sequência da competição, o Leão visita o Barcelona de Ilhéus, enquanto a Juazeirense recebe a Jacuipense, ambos no próximo domingo.

O jogo

Em casa, o Rubro-negro tentou começar tomando as rédeas da partida, mas pouco conseguiu. Até porque o jogo foi jogado nos início, com faltas e muita paralisações.

Equilibrado e mais concentrado no meio, as melhores chances foram em chutes de fora. Primeiro, do Vitória, aos cinco, com tentativa de Eduardo defendida por Rodrigo Calaça que Guilherme Queiroz quase marcou de rebote. Depois, a Juazeirense devolveu com Elias, da mesma forma, aos nove, que Lucas Arcanjo pegou.

E foi assim que o Cancão saiu na frente. Aos 21, Patrick arriscou de longe e acertou bonito o alvo, sem chances de defesa, colocando os visitantes na frente.

Em desvantagem, o Rubro-negro contou com uma maior participação de Jadson. Primeiro, ele cobrou falta perigosa, que passou perto. Na sequência, tentou enfiada para Guilherme Queiróz, mas Calaça chegou antes.

A Juazeirense, por sua vez, vinha bem postada em campo. Mas cometeu um vacilo fatal: na saída de bola, a defesa saiu jogando errado e a bola sobrou para Guilherme Queiróz, que de fora da área acertou belo chute, no canto, sem chances de defesa. Tudo igual aos 35 minutos.

Segundo tempo

Para a etapa complementar, o duelo seguiu equilibrado. O Cancão até marcou, com Ramon Baiano, de cabeça, após falta cobrada na área, mas foi assinalado impedimento.

Com a queda ritmo do jogo pelo início de temporada e forte calor em Salvador, as equipes promoveram várias substituições, como as entradas de Diego Viana e Kaio na Juazeirense, além de Erik, Roberto, Pablo e Vicence no Leão. Mas o panorama do jogo pouco mudou.

Apesar da tentativa de ambos os lados, especialmente do Leão na reta final, as equipes abusaram dos erros de passes e não conseguiram assustar, mantendo o 1 a 1 no placar. Ninguém chorou, nem sorriu no Barradão pela estreia do Baiano.

Ficha

Vitória

Lucas Arcanjo; Alemão (Iury), Alisson Cassiano, Marco Antônio, Gustavo Salomão (Vicente); João Pedro, Eduardo, Jadson; Luidy (Erik), Guilherme Queiroz (Roberto) e Gabriel Santiago (Pablo). Técnico: Dado Cavalcanti

Juazeirense

Rodrigo Calaça; Rodriguinho, Ramón, Matheus (Guilherme), Thalison; Tibiri, Patrik, Elias (Kaio); Guilherme (Diego Viana), Willian Anicete e Deizinho. Técnico: Francisco Diá

Local: Barradão, Salvador
Público: 1.538 torcedores
Renda: R$11.198,50
Gols: Patrick (JUA); Guilherme Queiróz (VIT)
Cartões amarelos: Alisson Cassiano (VIT), Patrik (JUA)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados