Connect with us
Apático, Sampaio Corrêa joga muito mal e perde do Londrina, vice-lanterna da Série B Apático, Sampaio Corrêa joga muito mal e perde do Londrina, vice-lanterna da Série B

MASampaio CorrêaSérie BÚltimas

Apático, Sampaio Corrêa joga muito mal e perde do Londrina, vice-lanterna da Série B

Published

on

Tricolor joga muito mal e não consegue incomodar o goleiro do vice-lanterna da Série B no jogo inteiro

O Sampaio Corrêa teve uma atuação muito abaixo do esperado, diante da empolgação das duas vitórias consecutivas que a equipe ostentava. Assim, o Paio acabou derrotado pelo Londrina por 1 x 0 nesta quinta-feira (28), no Estádio do Café, em Londrina-PR, pela 30ª rodada da Série B.

Uma atuação bastante lastimável. Problemas defensivos que deram brechas para o Londrina marcar e ainda ter chances para ampliar o placar – e não marcou por incompetência. Enquanto que, ofensivamente, pouco levou perigo e não incomodou o goleiro. Os donos da casa venceram com gol de Paulinho Moccelin.

Classificação do Sampaio Corrêa na Série B

Com esta derrota, o Sampaio Corrêa estaciona com 34 pontos e, até o momento, segue na 13ª colocação da Série B. Mas a equipe maranhense pode perder até duas posições nesta rodada, em caso de vitórias de Ituano e Ponte Preta. O Londrina é o vice-lanterna, com 24 pontos.

Qual o próximo jogo do Sampaio Corrêa?

O Tubarão volta a campo no dia 7 de outubro (sábado), quando enfrentará o Novorizontino-SP no Castelão, às 17h. Um duelo difícil, que abre sequência contra times que brigam pela parte de cima da tabela da Série B.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Sampaio Corrêa quebra sequência com atuação ruim e derrota

O Sampaio Corrêa fez o seu pior tempo desde que o técnico Fernando Marchiori assumiu a equipe. Os primeiros 45 minutos disputados pela Bolívia Querida no estádio do Café foram muito ruins. Defensivamente, oferecia espaços e falhou algumas vezes na marcação. No ataque, um time inoperante.

O Londrina, vindo na necessidade de vencer urgentemente, pois não ganhava há sete partidas na Série B, teve a postura de luta e pressão no ataque, mesmo com suas dificuldades técnicas. E o Sampaio Corrêa não soube conter os donos da casa. Sofreu e não aparentava reação.

Tanto que, aos 11 minutos de jogo, Ariel chegou a abrir o placar para o Tubarão paranaense após rebote de Luiz Daniel. Só que o gol foi bem anulado pela arbitragem por impedimento. Aos 18, não teve jeito. Lucas Mendes cruzou pela direita, a bola passou pela defesa do Paio e sobrou para Paulinho Moccelin na esquerda. Livre, ele dominou e bateu no canto, para o gol.

A pressão do time mandante seguiu e desperdiçando oportunidade. Ariel, aos 23, saiu cara a cara com Luiz Daniel, mas bateu para fora. Aos 25, Moccelin tentou de novo e tirou demais da meta.

Paulinho Moccelin, do Londrina, contra o Sampaio Corrêa
Paulinho Moccelin foi o autor do gol da vitória paranaense. Foto: Ricardo Chicarelli/Londrina

Depois disso, o ritmo da partida caiu até o fim do primeiro tempo. Porém, os donos da casa tinham mais presença no campo de ataque e conseguiam conter com facilidade qualquer ímpeto ofensivo do Sampaio Corrêa.

Na segunda etapa, o Paio já veio com mudanças, na tentativa de se impor e buscar o empate. Apesar da postura diferente, as dificuldades continuavam lá. Um desempenho pouquíssimo inspirado. A primeira chance com maior perigo aconteceu aos cinco minutos, em cabeçada de Ytalo que passou ao lado esquerdo.

E foi somente isso por mais de 40 minutos, até o fim do jogo. O Sampaio Corrêa fez trocas, mas não conseguia sair da marcação do Londrina, que mesmo não sendo tão efetiva, era suficiente para anular as chegadas do Tricolor. Uma atuação muito abaixo mesmo.

O time apresentava muita lentidão para rodar a bola e apostava demais na bola aérea. Não saía com trocas de passe rápidos, com movimentação para confundir a defesa adversária. Não teve jeito. Derrota que põe fim à invencibilidade do Sampaio Corrêa no returno da Série B, e também é a primeira derrota no comando de Fernando Marchiori.

FICHA DO JOGO

Londrina 1

Lucas Frigeri; Lucas Mendes, Gabriel, Rafael Vaz e Gustavo Salomão; João Paulo, Rodrigo (Luan Freitas) e Ariel (Garraty); Wiliam Barbio (Peu), Paulinho Moccelin e Iago Dias (Zé Vitor). Técnico: Roberto Fonseca.

Sampaio Corrêa 0

Luiz Daniel; Matheus Pivô, Ícaro, Gustavo Henrique e Pará; Mikael (Claudinei), Ferreira (Vinícius Alves) e Neto Paraíba (Riquelmo); Robinho, Vitinho (Nadson) e Ytalo (Jô). Técnico: Fernando Marchiori.

Local: Estádio do Café, em Londrina-PR.
Árbitro: Rafael Rodrigo Klein (RS).
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Thayse Marques Fonseca (RJ).
Gol: Paulinho Moccelin (18’/1ºT) (LON).
Cartões amarelos: Lucas Mendes, Rodrigo, Ariel, João Paulo, Lucas Frigeri e Paulinho Moccelin (LON); Pará, Matheus Pivô (SAM).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados