conecte-se conosco

ALConfiançaCopa do NordesteCSASEÚltimas

Em jogo movimentado, Confiança arranca empate no fim contra o CSA

Equipes seguem sem vencer e estão fora do G4 do Regional

Foto: Lucas Almeida/ ADC

Publicados

em

No estádio Barretão, tudo igual. Em um jogo equilibrado, onde o Confiança jogou bem diante de um CSA que adotou uma postura mais precavida e foi cirúrgico para marcar, as equipes ficaram no 2 a 2, na noite deste sábado, pela segunda rodada da Copa do Nordeste. Marco Túlio abriu o placar, Bruninho deixou tudo igual, Rodolfo Filemon desempatou e Willians igualou de novo, nos acréscimos do segundo tempo.

E agora?

Com o resultado, o Confiança fica no sexto lugar do grupo A com um ponto, enquanto o CSA caiu para quinto do grupo B, com dois. Na sequência do Regional, o Dragão visita o ABC, próximo sábado, enquanto o Azulão faz clássico com o CRB, próximo domingo.

O jogo

O primeiro tempo teve o Confiança buscando o domínio das ações e tentando impor velocidade, enquanto o CSA buscou um jogo, sem a bola, mais precavido, e com a posse, cadenciado. E dentro das propostas, o Dragão foi melhor, apesar de ter saído derrotado na etapa inicial.

Com boa participação de Bruninho, o Confiança rondou a área e levou perigo sobretudo em chutes de fora da área. O meia arriscou duas vezes, exigindo boa defesa de Thiago Rodrigues na primeira e acertando a trave na segunda. Robinho foi outro que teve boa movimentação, mas foi menos incisivo, sem conseguir finalizações ou criar jogadas.

Do lado do Azulão, faltou reter a bola no campo ofensivo, tendo uma participação discreta de Gabriel, principal articulador de jogadas. Em lance despretensioso, porém, o CSA chegou ao gol, sem fazer força Após cruzamento ruim na área, Rafael Santos saiu até a marca do pênalti e socou mal a bola, que sobrou na entrada da área para Marco Túlio, livre, que bateu bem, de chapa, para encobrir o goleiro e abrir o placar.

Segundo tempo

Na etapa complementar, o jogo seguiu tônica parecida, com o CSA ainda mais confortável em campo, já que tinha a vantagem no placar, mantendo a mesma proposta. O Confiança, precisando reverter, continuou em cima, mas sem tanta efetividade.

Para tentar mudar o jogo, Daniel Paulista fez mudanças e deixou o time mais ofensivo, sacando o volante Rafael Vila e o lateral Caíque Sá para colocar os atacantes Lucas Barcelos e Willians Santana.

E a coragem do Dragão foi premiada. Robinho e Bruninho – principais peças sergipanas – fizeram boa jogada, o meia recebeu passe por cobertura, dominou no ar e bateu de primeira, marcando um belo gol e deixando o placar mais justo, aos 23 minutos.

O empate deu ainda mais ânimo para o Confiança, que manteve o ímpeto em busca da virada. Entretanto, foi o CSA que marcou. Aos 32, após escanteio cobrado na área, a bola sobrou para Rodolfo Filemon, livre na área, estufar as redes de Rafael Santos, em novo descuido da defesa Sergipana.

Na reta final, o Dragão se mandou de vez para o ataque, mais na vontade do que na organização e foi premiado. Aos 49 minutos, Willians Santana aproveitou cruzamento na área e completou para deixar tudo igual e dar números finais ao jogo.

Ficha

Confiança

Rafael Santos; Caíque Sá (Marcelinho), Nirley, Juan, Altemar (Everton Santos); Gilberto (Álvaro), Serginho, Rafael Vila (Lucas Barcelos), Bruninho; Cristiano (Willians Santana) e Robinho. Técnico: Daniel Paulista

CSA

Thiago Rodrigues, Norberto, Rodolfo Filemon, Fabrício, Vitor Costa, Geovane, Silas (Lucão), Gabriel (Cristovam); Rodrigo Pimpão (Marquinhos), Dellatorre (Iury) e Marco Túlio (Silvinho). Técnico: Mozart Santos

Gols: Marco Túlio e Rodolfo Filemon (CSA); Bruninho e Willians Santana (CON)
Cartões amarelos: Caíque Sá e Serginho (CSA); Fabrício e Geovane (CSA)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending